Irmãos Efromovich não serão presos por já serem idosos, decide justiça

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Os dois irmãos Efromovich, antigos donos da Avianca Colômbia e Brasil, não ficarão presos devido à sua idade avançada, decide a justiça brasileira. Germán tem 70 anos, enquanto José tem 65.

Germán Efromovich – El Tiempo

A decisão é referente ao mandado de prisão, busca e apreensão feito em agosto pela Polícia Federal na operação Navegar é Preciso, a 72ª fase da operação Lava Jato. Eles são suspeitos de envolvimento com um esquema de fraudes em licitações e pagamento de propina a altos executivos da Transpetro, subsidiária da Petrobras responsável pelo transporte de combustíveis por meio de navios e dutos.

De acordo com a Polícia Federal (PF), os crimes teriam sido praticados em licitações e celebrações de contratos de compra e venda de navios usados pela Transpetro, com um estaleiro não-identificado, no âmbito do Promef, o programa federal para a reestruturação da indústria naval brasileira.

A investigação encontrou indícios de que o estaleiro pagou propina a um executivo da Transpetro, à época, em troca de favorecimento de sua empresa na licitação para a construção e fornecimento de navios, em um valor global de mais de R$ 857 milhões.

Apesar de serem ligados às duas Avianca, eles não exercem mais poder, porque a divisão brasileira teve sua falência declarada e eles perderam ações na colombiana após não pagarem uma dívida com a United Airlines.

José Efromovich – Divulgação

Agora, segundo reporta a EFE, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região retirou o pedido de prisão, que no dia da execução foi convertida em prisão domiciliar devido à pandemia do coronavírus, para responderem em liberdade o processo, mas mantendo restrições para os irmãos.

Eles não podem deixar o país sem avisar a justiça, devendo entregar seus passaportes, não mudar de residência, comparecer à todas as audiências da justiça e não movimentar contas bancárias no exterior.

Vale lembrar que os irmãos não são nascidos no Brasil, mas na Bolívia, e também possuem cidadania colombiana (por causa da Avianca) e polonesa por causa de seus pais.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

O avião criado para jamais ser usado, mas que está de...

0
Recentemente, no dia 28 de julho de 2022, pousou na Base Aérea de Brasília o Boeing E-4B Nightwatch, uma variante do versátil Boeing 747