Jatinho elétrico que a Azul vai usar completa transição da asa; assista ao momento

A asa do Lilium Jet, em cena do vídeo apresentado abaixo – Imagem: Lilium

A Lilium, desenvolvedora do primeiro jatinho totalmente elétrico de decolagem e pouso na vertical (eVTOL), anunciou, na última semana, que seu demonstrador de tecnologia Phoenix 2 alcançou a transição em suas asas principais (as asas frontais, ou canards, passarão pelo mesmo processo em breve).

A transição se dá porque o projeto tem conjuntos de motores elétricos, de propulsão por jato de ar, montados nas asas principais e nos canards, que são defletidos entre a posição vertical e a horizontal para a mudança entre o voo sustentado pelos motores e o voo sustentado pelas asas.

O vídeo a seguir mostra o voo de teste em que foi alcançada a transição (que também representa a transição do fluxo de ar turbulento para o laminar na superfície sustentadora), permitindo notar o funcionamento da deflexão dos conjuntos de motores descrito acima.

A conquista significa que o Lilium Jet é o primeiro avião a jato elétrico em tamanho real a fazer a transição do voo pairado para o voo sustentado pelas asas. Segundo a companhia, este é um momento marcante para a Lilium e para a aviação elétrica como um todo.

“Do ponto de vista da física de voo, completar a transição significa que o fluxo de ar que passa pelos flaps se conecta e se torna suave, permitindo que a sustentação seja gerada pela asa (como em aeronaves de asa fixa convencionais), em vez de pelos motores (que é o caso durante o voo na fase de suspensão no ar)”, descreve a Lilium.

O Phoenix 2 alcançou esse marco e, o mais importante, permaneceu estável e se comportou conforme previsto pelo modelo de dinâmica de voo proprietário da Lilium.

Matthias Meiner, engenheiro-chefe da Phoenix e cofundador da Lilium, disse: “A transição da asa principal é um grande passo à frente em nosso caminho para o lançamento da aeronave e valida nosso modelo de dinâmica de voo. Todo o crédito vai para a excelente equipe Lilium que trabalhou tão duro para nos trazer até aqui e que permanece altamente focada no restante da Campanha de Ensaio de Voo.”

A Lilium continuará sua campanha de Ensaio de Voo durante o verão, expandindo ainda mais o envelope de voo, incluindo a transição dos canards dianteiros e os voos de alta velocidade.

A aeronave eVTOL da Lilium já despertou interesse de importantes empresas pelo mundo, incluindo a gigante NetJets no segmento executivo, que assinou intenção de operar 150 unidades, e a brasileira Azul Linhas Aéreas, com pretensão de 220 unidades.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

O avião criado para jamais ser usado, mas que está de...

0
Recentemente, no dia 28 de julho de 2022, pousou na Base Aérea de Brasília o Boeing E-4B Nightwatch, uma variante do versátil Boeing 747