Início Acidentes e Incidentes

Jato Embraer E175 perde a ponta da asa durante forte turbulência nos Estados Unidos

Embraer ERJ-175 da American Eagle semelhante ao envolvido no incidente

Um incidente envolvendo um avião Embraer E175 de transporte de passageiros foi registrado nesta semana, onde um avião da American Eagle perdeu parte de uma de suas asas, após passar por uma forte turbulência, na última terça-feira (3). O incidente, no entanto, não representou risco para o voo.

A ocorrência aconteceu com a aeronave registrada sob matrícula N233NN da aérea regional, subsidiária da American Airlines, enquanto ela realizava o voo MQ-3729, de Charleston para Dallas. De acordo com informações verificadas pelo site The Aviation Herald, a aeronave estava em voo de cruzeiro, a 36 mil pés (cerca de 10,9 km) de altitude, quando encontrou turbulência moderada a severa na rota.

Ainda em voo, os pilotos emitiram um alerta ao controle de tráfego aéreo, informando que a aeronave havia perdido o dispositivo que fica na ponta da asa direita (winglet) e que, portanto, decidiram desviar para o Aeroporto Internacional de Birmingham, no Alabama.

Trajetória da aeronave envolvida no incidente- Imagem: RadarBox

O pouso aconteceu normalmente, e sem intercorrências, pouco mais de uma hora e meia após a decolagem. A fim de amparar os passageiros, outro jato do mesmo modelo, desta vez com a matrícula N246NN foi encarregado do transporte, chegando a Dallas com um atraso de cerca de 4 horas.

Em uma imagem registrada após o pouso da aeronave, é possível observar a asa direita do E175 sem o winglet, importante componente aerodinâmico, embora não fundamental para manter a aeronave em voo seguro. De acordo com informações da plataforma online RadarBox de rastreio de voos, o jato permanece em solo desde o incidente, passando por manutenção.

Asa direita sem o winglet

Leia mais: