Jumbo faz pouso de emergência após voar 58 minutos e 300 militares têm de evacuar na pista

Imagem: ABC News

Após decolar do Kansas e voar por menos de uma hora, um jumbo Boeing 747-400 da companhia aérea Atlas Air teve que fazer um pouso não-programado em Chicago na tarde de segunda-feira, 28 de novembro, devido a um alarme de incêndio no compartimento de carga.

Originalmente destinado à Polônia, o voo 5Y-8380 levava cerca de 300 militares das forças armadas americanas para se juntarem a uma missão da OTAN. Com o pouso de emergência, toda essa tropa da 2ª Brigada Blindada teve que evacuar a aeronave ali mesmo na pista do aeroporto O’Hare, onde o avião seria inspecionado.

Segundo a rede ABC News, um porta-voz da Atlas Air disse que havia “uma indicação de uma potencial anormalidade no compartimento de carga logo após a partida“.

“Como medida de precaução, as autoridades de Chicago inspecionaram a aeronave na chegada e determinaram que a aeronave estava segura para todos os passageiros desembarcarem”, disse a Atlas em comunicado por escrito. “Nossa equipe está investigando a causa deste incidente e trabalhará para devolver a aeronave ao serviço com segurança”.

Não foi informada até o momento a extensão dos danos na aeronave. O pouso foi filmado ao vivo pela rede de TV americana, mas não é possível identificar nenhuma anormalidade externa. O voo dos militares foi reagendado para esta terça-feira.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias