Lançado ao espaço o nanossatélite do Instituto Tecnológico de Aeronáutica; assista ao momento

O foguete partindo, em cena do vídeo apresentado abaixo

Foi lançado com sucesso ao espaço na tarde do sábado, 26 de novembro, o avançado satélite desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e pelo Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (INPE) em parceria com a agência americana NASA e com universidades americanas.

Como pôde ser assistido ao vivo e pode ser visto novamente na gravação a seguir, o satélite partiu a bordo da cápsula Dragon rumo à Estação Espacial Internacional, através de um foguete Falcon 9 da SpaceX:

Como visto no vídeo acima, tudo correu bem com o lançamento, e cerca de 8 minutos depois, o primeiro estágio do foguete era visto pousando de volta na Terra, em uma barcaça no mar, enquanto o segundo estágio continuava sua trajetória pelo espaço, até liberar a cápsula Dragon em órbita 12 minutos depois.

O satélite SPORT (Scintilation Prediction Observations Research Task, ou Tarefa de Pesquisa Observacional de Previsão de Cintilação) foi levado pela Dragon até a Estação Espacial Internacional para de lá ser liberado ao espaço.

O SPORT é um nanossatélites na vanguarda do conhecimento, com a missão de monitorar a ionosfera (camada superior da atmosfera), coletando dados para o estudo dos efeitos das tempestades solares, que ocasionam perturbações em atividades da sociedade atual, tais como a interrupção do sinal GPS, o black-out de comunicações, interrupção na transmissão de energia e muitos outros.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Aeroporto de Cascavel faz buracos na cerca para fotógrafos registrarem pousos...

0
Desde novembro a gestão do espaço instalou buracos na cerca operacional do aeroporto que estão reservados e sinalizados para aos fotógrafos.