Latam comemora liderança no mercado aéreo brasileiro nos dados do 1º semestre

A LATAM comemora nesta quinta-feira, 28/07, o fato de ter sido a companhia líder do setor aéreo do Brasil no primeiro semestre de 2022, segundo os dados consolidados da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) divulgados ontem, 27.

Ao todo, a companhia obteve quase 35% de participação (RPK – passageiros pagantes vezes quilômetros voados) no mercado doméstico brasileiro no acumulado dos seis primeiros meses do ano.

Os números de junho divulgados pela própria LATAM já haviam sinalizado que a companhia recuperou 101,7% da sua oferta doméstica de assentos (ASK – assentos ofertados vezes quilômetros voados) no país, na comparação com o mesmo mês de 2019 (antes da pandemia de Covid-19). De acordo com a ANAC, a participação (RPK) da companhia no mercado doméstico brasileiro foi de 34,9% no mês de junho.

Em junho, a LATAM registrou uma taxa de ocupação de 73,7% em seus voos domésticos no Brasil, transportando mais de 2 milhões de passageiros em cerca de 540 voos por dia para 50 destinos nacionais (eram 44 destinos antes da pandemia de Covid-19).

Segundo Aline Mafra, diretora de Vendas e Marketing da LATAM Brasil, a liderança da companhia no Brasil é um reflexo direto de um crescimento sustentável implementado pela companhia, principalmente na retomada e reabertura de rotas e novos destinos no Brasil.

“Graças a nossa eficiência operacional foi possível consolidar uma malha aérea capaz de diminuir distâncias entre as principais cidades e capitais brasileiras, além de abrir as portas para acesso aos destinos internacionais, principalmente por meio de conexões rápidas a partir de São Paulo (Guarulhos)”, afirmou a diretora.

Maior número de destino no Brasil em sua história

Julho foi o mês com mais inaugurações de destinos programados pela LATAM para 2022, incluindo Montes Claros (MG), Cascavel (PR), Caxias do Sul (RS) e Juiz de Fora (MG). O crescimento faz com que a LATAM tenha o maior número de destinos no Brasil da sua história.

São 54 destinos, superando os 44 destinos que tinha em 2019, antes da pandemia de Covid-19. Além disso, a companhia aumentou a quantidade de voos e retomou rotas importantes, como foi o caso de Rio Branco-Brasília, Curitiba-Porto Alegre e Fortaleza-Vitória.

No decorrer de julho de 2022, considerada alta temporada para o setor, a LATAM programou quase 3 mil voos domésticos e internacionais a mais para garantir o atendimento de aproximadamente 3 milhões de passageiros, o que corresponde a 60% a mais em comparação com o mesmo mês de 2021.

Ao todo, a companhia fecha o mês com quase 20 mil pousos e decolagens de/para o Brasil, um crescimento de 61% em comparação ao mesmo período de 2021.

Os aeroportos de Brasília, São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Fortaleza, Curitiba e Porto Alegre reuniram o maior volume de passageiros dentro do país, sendo responsáveis por 66% desse crescimento.

Informações da LATAM

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Voepass encerra duas rotas e adiciona outras oito em sua malha...

0
A Voepass Linhas Aéreas está encerrando duas rotas e incluindo outras dez entre os meses de julho e setembro. As informações foram