Latam e Virgin solicitam acordo para voos entre a América do Sul e o Reino Unido

Avião Airbus A350-1000 Virgin Atlantic
Airbus A350-1000 – Imagem: Virgin Atlantic

A Latam Airlines Group e a Virgin Atlantic solicitaram ao Departamento de Transportes dos EUA (DOT), sob o arquivo DOT-OST-2022-0118-0001, a autorização para realizar operações de codeshare em voos entre a América do Sul e o Reino Unido de vários destinos nos Estados Unidos. A solicitação incluiu apenas as subsidiárias colombianas, chilenas e peruanas da Latam, deixado de fora a companhia brasileira.

De acordo com o site Aviacionline, ambas as companhias colocarão seus respectivos códigos ‘VS’ e ‘LA’ em seus serviços de passageiros para conexões a partir do Atlântico, e também solicitarão aprovação deste pedido da autoridade para iniciar a comercialização. Os serviços de codeshare não estarão disponíveis para nenhum passageiro da Virgin Atlantic e LATAM Airlines com origem ou chegada nos EUA: o acordo cobre apenas conexões com o Reino Unido e a América do Sul.

Ambas as companhias aéreas cumprem os requisitos necessários para implementar estes novos serviços. Esta proposta é coerente com o Acordo de Transporte Aéreo entre os Estados Unidos e o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, que permite às transportadoras aéreas celebrar acordos de comercialização cooperativa.

Os serviços de codeshare propostos também seguem os regulamentos do Acordo Multilateral sobre a Liberalização do Transporte Aéreo Internacional (MALIAT), do qual participam Chile e Estados Unidos, permitindo o acordo liberal entre companhias aéreas chilenas e de países terceiros.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Boeing conta com lobista na Casa Branca para convencer a China...

0
É notável que a Boeing desempenha um papel estratégico para o governo dos EUA como uma das maiores exportadoras do país.