Início Aeroportos

Local onde avião de Gusttavo Lima causou polêmica já pode receber jatinhos, mas só de dia

Foto ilustrativa – Peter Bakema, GFDL 1.2, via Wikimedia

Através da portaria 8054, datada de 16 de maio de 2022, a ANAC liberou as operações com jatos no aeroporto Lauro Kurtz, em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. A autorização, no entanto, vale apenas para voos realizados durante o dia, de tal forma que pousos noturnos permanecem proibidos.

O local ficou especialmente famoso no começo de abril, depois que o cantor Gusttavo Lima aterrissou por ali com seu jato privado Bombardier BD-700 Global Express (similar ao da foto) à noite. Para que o artista pudesse voar até lá, foi expedida uma autorização especial, que criava uma exceção às restrições operacionais, válida apenas no período em que Lima estava na cidade.

A medida, na época, teve grande repercussão e reações de pilotos locais, que entenderam a liberação especial como um privilégio, enquanto eles não podiam usar o aeroporto dadas as restrições. Naquele momento, eram proibidas operações de jato a qualquer horário do dia e, também, estavam restritos os voos de qualquer aeronave durante a noite.

Segundo a nova portaria, no entanto, essa restrição (ou parte dela) cai. O documento publicado pela ANAC, que tem efeito imediato diz que está “suspensa a medida administrativa cautelar referente à proibição de operações de aeronaves a reação (turbo-jato) no aeródromo público Lauro Kurtz… Fica mantida a medida cautelar referente à proibição das operações noturnas no aeródromo“.

A ANAC conclui dizendo que “a restrição mantida tem caráter provisório, sem prazo determinado, e permanecerá até que o Operador de Aeródromo solicite o seu cancelamento e demonstre o cumprimento das condições definidas no Parecer que fundamentou esta decisão”.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.