Início Variedades

Mãe critica Delta por não oferecer opções de gênero não-binário para reservar voos

Avião Airbus A330-200 Delta Air Lines

Uma mãe está criticando a Delta Air Lines e dizendo ter dificuldades para comprar uma passagem de avião para seu filho, já que a empresa aérea não disponibilizaria uma opção de gênero não-binário na hora da compra.

Como relata o Business Insider, Dawn Henry, 52, escreveu no Twitter que estava tentando comprar uma passagem de avião surpresa para seu filho adulto. No entanto, ela descobriu ao tentar reservar a passagem que a Delta oferece apenas opções de gênero masculino e feminino.

“Estou comprometida em consertar isso, não apenas para meu filho, mas para todos que possuem identidade legal com um marcador de gênero X”, disse Henry à NBC News“Minha esperança é que a pressão sobre as companhias aéreas faça isso.” 

Henry disse que procurou a Delta sobre a falta de opções de gênero, mas um representante disse a ela que a empresa só permite registro com os gêneros masculino e feminino.

“Do jeito que está, pelo menos com @Delta, pessoas #não-binárias não podem voar”, escreveu Henry no Twitter. “O representante disse que isso não é verdade. Mas quando uma política impossibilita a compra de uma passagem que atenda às diretrizes da TSA, o resultado é o mesmo. E isso é discriminação.” 

Quando questionada sobre a falta de opções de gênero, a Delta disse em um comunicado:

“A Delta Air Lines é uma orgulhosa defensora de longa data da comunidade LGBTQ+ e entendemos que ser visto e reconhecido faz parte de ter uma experiência de viagem equitativa. Embora tenhamos mudado rapidamente o foco devido ao COVID no início de 2020 para ajudar os clientes a navegar no ambiente em rápida mudança e nas regulamentações governamentais, estamos de volta ao caminho para oferecer uma opção de gênero não-binário em nossos sistemas de reservas em 2022.”

Após a nota da empresa, Henry disse que estava feliz que a Delta estivesse começando a cumprir, “mas que uma promessa não é suficiente”.

“Não vou parar de perseguir isso até que todas as companhias aéreas dos EUA com um sistema de reservas discriminatório tenham feito as mudanças”, disse ela. 

Sair da versão mobile