Maior avião já fabricado no Brasil treina pouso no Aeroporto Santos Dumont

Na data de ontem, chamou a atenção de quem acompanha o tráfego aéreo do Aeroporto Santos Dumont a passagem do Embraer KC-390, o maior avião já feito no país, como pode ser observado no vídeo abaixo, gravado com exclusividade por nossos parceiros do AviationTV.

A aeronave militar cargueira dividiu espaço com os jatos comerciais Boeing 737 da GOL e Airbus da LATAM, operando na pista 02R/20L, que possui apenas 1.323 metros de comprimento, uma das mais curtas no país com operação regular de aviões comerciais. O jato fez ontem alguns pousos e decolagens no final da tarde e à noite.

Essa não é a primeira vez do KC-390 no aeroporto, já que a aeronave fez sua estreia no aeroporto central carioca no ano passado, mas é a primeira vez que ele vem para realizar treinamentos de pousos e decolagens.

A presença do KC-390 chamou a atenção também pelo fato da Força Aérea Brasileira não utilizar muito o Santos Dumont para operação de aeronaves cargueiras, se restringindo mais aos aviões executivos e os do GEIV, que têm uma missão muito especial de calibrar instrumentos de aproximação em aeroportos, além de realizar inspeções de voo diversas, e tem sua base no próprio aeroporto.

Inclusive, historicamente o C-130 Hércules, que está dando o seu lugar para o KC-390, não era visto no Santos Dumont, já que sua base era no Galeão e Campo dos Afonsos, ambos apenas alguns quilômetros distantes entre si.

As imagens do pouso e decolagem do KC-390 no final da tarde de ontem foram gravadas pelo canal parceiro AviationTV, que possui uma câmera ao vivo 24 horas por dia nos Aeroportos Santos Dumont e Galeão:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Com óculos de visão noturna, Aviação do Exército realiza a Operação...

0
Durante a operação, as técnicas e os treinamentos avançados em relação aos voos com óculos de visão noturna foram aprimorados e reforçados.