Mas Air Cargo recebe o primeiro Airbus A330 P2F da América Latina

A330P2F – Imagem: Elbe Flugzeugwerke GmbH

A empresa Elbe Flugzeugwerke GmbH (EFW) anunciou a entrega de sua primeira aeronave Airbus A330 convertida de passageiro para cargueiro à Altavair LP, encarregada de financiar e alugar que será operada pela empresa mexicana Mas Air Cargo, a primeira companhia latino-americana a operar esse tipo de conversão (chamada de P2F).

O cargueiro entregue marca o início de uma série de conversões que a EFW está realizando para a Altavair com base na plataforma do Airbus A330. A Altavair tem vários A330P2F encomendados, incluindo as variante A330-200P2F e 300P2F.

“Estamos muito satisfeitos em entregar nosso primeiro cargueiro convertido de 2022 para um novo cliente, a Altavair, para a operação da Mas Air Cargo”, disse Andreas Sperl, CEO da EFW.

“Esse investimento reflete nossa crença de que o A330 será o principal cargueiro neste segmento”, disse Paul Newrick, presidente e CEO da Altavair. “Estamos muito empolgados em fazer parceria com a EFW e a Mas Air Cargo para entregar este cargueiro de última geração”, acrescentou.

A330P2F – Imagem: Elbe Flugzeugwerke GmbH

A primeira entrega da EFW para Altavair é da variante A330-200P2F, oferecendo uma carga útil bruta de até 61 toneladas e um alcance de até 4.200 milhas náuticas. A Mas Air Cargo está construindo uma nova frota de cargueiros Airbus com o A330-200P2F e A330-300P2F, tornando-se a primeira companhia aérea nas Américas a operar a conversão P2F e a primeira no mundo a operar as duas variantes do Airbus A330P2F.

De acordo com o parceiro Aviacionline, a MasAir Cargo substituirá seu único Boeing 767-200F e dois Boeing 767-300F, permitindo alcançar mercados como Ásia-Pacífico e Europa com escalas e prazos de entrega mais curtos.

Como os mais recentes programas de conversão A321P2F e A320P2F, o A330P2F é um programa colaborativo entre a ST Engineering, Airbus e EFW. Para atender à crescente demanda por conversões de cargueiros, a ST Engineering e a EFW estabelecerão novos locais de conversão na China e nos EUA este ano e aumentarão a capacidade total de conversão de todo o seu programa Airbus P2F para aproximadamente 60 slots por ano até 2024.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Eis que o Airbus A380 ainda terá futuro em mais uma...

0
Até meados do ano passado, a Korean Air não via mais futuro para o superjumbo Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo.