Mesmo sem demitir, empresa aérea tem que cancelar voos por falta de pessoal

© Austrian Airlines

Uma das principais empresas aéreas europeias se viu forçada a cancelar voos por falta de pessoal, mesmo sem ter demitido nenhum empregado. A situação ocorreu com a Austrian Airlines, parte do grupo Lufthansa e uma das principais companhias aéreas da Europa.

Devido à legislação da Áustria, a companhia aérea não demitiu nenhum funcionário durante o pior da pandemia, enquanto recebia ajuda do governo, mas, mesmo assim, ela enfrenta a falta de funcionários, uma situação que tem ganhado as manchetes, mas quase sempre falando de outros países como a Holanda e o Reino Unido.

Os fatores que levaram a Austrian à situação atual, no entanto, dizem respeito a fatores como saída voluntária de funcionários por aposentadorias, mudanças de carreira, motivos de saúde ou até mesmo falecimento. Por outro lado, as contratações têm sido quase zero, dada a incerteza das viagens aéreas para o futuro.

Sobre o tema, o noticiário do Yahoo apurou que em torno de 52 voos já foram cancelados, dos 400 programados para a data de hoje, por conta da falta de pessoal. A empresa, no entanto, parece decidida a não contratar ninguém por ora.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Pilotos que estavam dormindo enquanto avião sobrevoava a pista de pouso...

0
Os dois pilotos que acabaram dormindo e não colocaram o avião para o pouso tomou o noticiário internacional, e eles foram suspensos.