Mineradora Vale está buscando pilotos para seu ‘jatinho’ executivo de R$ 70 milhões

A companhia de mineiração Vale está precisando de pilotos e está com uma oferta aberta para Comandante no seu maior ‘jatinho’, avaliado em R$ 70 milhões.

O avião, um Bombardier Global Express XRS fabricado em 2008 e de matrícula PP-VDR, é um dos maiores do país e tem porte de um avião comercial regional. Uma aeronave do mesmo modelo e ano está sendo vendida hoje por US$ 12,9 milhões de dólares (equivalente a R$ 70 milhões na conversão direta do dólar atual).

As versões mais novas do jato, denominada Global 6000, estão na casa dos R$350 milhões e são os preferidos dos bilionários brasileiros. Com alcance de 6.390 milhas náuticas (11.834 km), ele pode voar de São Paulo até Paris sem escalas e levando 8 passageiros no maior conforto.

A abertura da vaga chamou a atenção, já que na aviação executiva a maioria das contratações acontecem por indicação. O futuro comandante será baseado em Belo Horizonte, onde está a sede operacional dos jatos da empresa, e estes são os requisitos:

  • Possuir habilitação de PIloto de Linha Aérea e Voo Por Instrumentos – Avião;
  • Inglês Fluente e com prova ICAO com notas 5 ou 6;
  • Experiência voando jato e com aviação executiva;
  • Mínimo de 7.000 horas em aeronaves multi-motoras (turboélice ou jato);
  • Mínimo de 3.000 horas como Comandante em aeronaves multi-motoras (turboélice ou jato);
  • Mínimo de 2.000 horas de experiência em voos internacionais;
  • Mínimo de 1.500 horas como comandante em aeronaves a jato na aviação executiva;
  • Experiência na aviação comercial como comandante;
  • Mínimo de 200 horas em aeronaves similares ao Bombardier Global ;
  • Conhecimentos Pacote Office;
  • Desejável ter graduação em Ciências Aeronáuticas;

A vaga está aberta para inscrição até o dia 5 de novembro, o salário não foi revelado mas até o momento a plataforma LinkedIn registrou 10 candidaturas. Para se candidatar, o candidato precisa acessar os links aqui ou aqui.

Veja abaixo outros donos de grandes jatos brasileiros iguais ou maiores que o Global Express XRS da Vale:

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias