Mudança no 5G visa proteger apenas a aproximação final para pouso da aeronave, afirma FAA

As modificações que estão sendo feitas na rede de telefonia 5G no mundo visam proteger principalmente o pouso da aeronave.

Foto: Paulo Pinto / Fotos Públicas

A tecnologia de telefonia que permite colocar a internet móvel num novo patamar tem sido motivo de preocupação das autoridades aeronáuticas desde o início da implementação da tecnologia. O receio é que a utilização massiva do sinal interfira nos rádios-altímetros dos aviões, que operam na mesma banda de frequência, de 3,7 a 3,98 GHz (Banda C).

O rádio altímetro é um equipamento instalado nas aeronaves para calcular a altura em relação ao solo e, ao contrário do altímetro convencional, não utiliza a diferença de pressão para cálculo da altura, mas sim envia ondas de rádio para o solo, que quando refletidas e detectadas possibilitam calcular a altura do avião, de maneira similar aos radares utilizados por caças.

A possível interferência, ainda não confirmada segundo a própria agência de aviação dos EUA, a FAA, pode ocasionar leituras erradas do rádio-altímetro, que já tem um alcance limitado e é utilizado na hora do pouso.

Para evitar isso, a FAA tem trabalhado com as operadoras de celular para limitar a atividade das antenas do 5G nas proximidades dos aeroportos, a fim de proteger os “20 segundos finais de pouso”.

A decisão de limitação será aplicada apenas a 50 grandes aeroportos e por enquanto irá durar 6 meses, tempo suficiente para a FAA fazer a análise técnica do impacto e também receber relatos de operadores. No Brasil, a ANAC já emitiu um alerta para os aviadores sobre os possíveis problemas em seus voos aos EUA.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Investimento em obras de ampliação deve dobrar capacidade do aeroporto de...

0
Concedido à iniciativa privada na sexta rodada de concessões aeroportuárias, em abril de 2021, o aeroporto de Boa Vista (RR)