No dia da volta ao Brasil, o grande Airbus A380 reestreou em 6 cidades de uma vez

Imagem: Aeroporto de Hamburgo

Todas as pessoas que admiram a aviação ou, especialmente, encantam-se com os grandes aviões comerciais estiveram ligados no último domingo, 31 de outubro, nas transmissões de câmeras ao vivo no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, para acompanhar o retorno ao Brasil do maior avião de transporte de passageiros do mundo, o Airbus A380.

Mas essa data da volta do grande avião de dois andares ao nosso país, em função da retomada das viagens aéreas em meio ao arrefecimento da pandemia da Covid-19, não foi escolhida aleatoriamente pela companhia aérea Emirates.

Maior operadora mundial do modelo, com mais de 120 unidades encomendadas e quase todas já entregues, contra apenas 24 jatos da segunda maior (Singapore Airlines), a Emirates trouxe o A380 a Guarulhos na data em que se iniciou a temporada de inverno da aviação do hemisfério norte, momento em que muitas empresas aéreas promovem alterações em suas malhas aéreas para atender à mudança de comportamento no consumo das viagens aéreas por seus clientes.

Dessa forma, além de São Paulo, o dia 31 de outubro marcou o retorno do popular avião a outras cinco cidades, que também haviam deixado de receber o modelo desde a eclosão da crise mundial de saúde em março de 2020.

Ao longo daquele dia, as partidas de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para as reestreias foram as seguintes:

Joanesburgo

Por volta das 05h00 da madrugada (horário local), o voo EK761 partiu para a retomada da ligação entre Dubai e Joanesburgo, na África do Sul:

Madrid

Às 07h45 da manhã, foi a vez do voo EK141 partir para a reestreia de Madrid, na Espanha:

Imagem: FlightRadar24

Amsterdã

Uma hora depois, às 08h48, partia o A380 do voo EK147 para o retorno do gigante a Amsterdã, na Holanda:

Imagem: FlightRdar24

Hamburgo

Mais meia hora adiante, às 09h15, quem decolava era o mais colorido Airbus A380 do mundo, com a pintura da Expo Dubai, no voo EK59 para Hamburgo, na Alemanha:

Imagem: FlightRadar24

São Paulo

Menos de meia hora depois, era a vez do voo EK261 partir às 09h41 para o retorno do serviço do gigante avião ao Brasil:

Imagem: FlightRadar24

Milão

Por fim, agora após um intervalo maior, já no final da tarde partia o último voo de reestreia, o EK91 às 17h00, com destino a Milão-Malpensa, na Itália:

Imagem: FlightRadar24

Mas caso você tenha ficado surpreso(a) com o curioso retorno do grande avião de dois andares, por parte de uma única empresa aérea, a 6 cidades no mesmo dia, saiba que isso é apenas uma pequena parcela dos muitos voos e cidades que já voltaram a receber os serviços da Emirates com o Airbus A380.

E mais do que isso, algumas das cidades já recebem mais de um voo por dia com o gigante. No caso mais extremo, de Londres, na Inglaterra, por exemplo, chegam a ocorrer nada menos do que SEIS VOOS POR DIA entre Dubai e o Aeroporto de Heathrow.

Frota de vários A380 saindo de Dubai na última sexta-feira – Imagem: FlightRadar24

Veja a seguir uma lista completa de todos os destinos que receberam 38 voos dos A380 da Emirates somente nesta última sexta-feira, 5 de novembro, segundo levantamento efetuado pelo AEROIN com base no histórico das plataformas de rastreamento de voos:

– EK701 para Port Louis, nas Ilhas Maurício;

– EK231 para Houston, nos EUA;

– EK203 para Nova York-JFK, nos EUA;

– EK7 para Londres-Heathrow, na Inglaterra;

– EK761 para Joanesburgo, na África do Sul;

– EK17 para Manchester, na Inglaterra;

– EK2805 para Jeddah, na Arábia Saudita;

– EK141 para Madrid, na Espanha;

– EK1 para Londres-Heathrow, na Inglaterra;

– EK73 para Paris-CDG, na França;

– EK927 para Cairo, no Egito;

– EK55 para Düsseldorf, na Alemanha;

– EK49 para Munique, na Alemanha;

– EK215 para Los Angeles, nos EUA;

– EK147 para Amsterdã, na Holanda;

– EK45 para Frankfurt, na Alemanha;

– EK201 para Nova York-JFK, nos EUA;

– EK59 para Hamburgo, na Aleamanha;

– EK127 para Viena, na Áustria;

– EK261 para São Paulo;

– EK241 para Toronto, no Canadá;

– EK29 para Londres-Heathrow, na Inglaterra;

– EK133 para Moscou-DME, na Rússia;

– EK87 para Zurique, na Suíça;

– EK123 para Istambul, na Turquia;

– EK31 para Londres-Heathrow, na Inglaterra;

– EK903 para Amman, na Jordânia;

– EK3 para Londres-Heathrow, na Inglaterra;

– EK57 para Düsseldorf, na Alemanha;

– EK19 para Manchester, na Inglaterra;

– EK923 para Cairo, no Egito;

– EK125 para Viena, na Áustria;

– EK75 para Paris-CDG, na França;

– EK47 para Frankfurt, na Alemanha;

– EK91 para Milão-Malpensa, na Itália;

– EK5 para Londres-Heathrow, na Inglaterra;

– EK2803 para Jeddah, na Arábia Saudita;

– EK131 para Moscou-DME, na Rússia.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Com óculos de visão noturna, Aviação do Exército realiza a Operação...

0
Durante a operação, as técnicas e os treinamentos avançados em relação aos voos com óculos de visão noturna foram aprimorados e reforçados.