No ‘Voo que Salva Vidas’, trabalhadores do GRU Airport doam 169 bolsas de sangue

Imagem: GRU Airport

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, realizou nos dias 9,10 e 11 de agosto a primeira edição da Campanha de Doação de Sangue “Voo que Salva Vidas”.

A ação, que contou com a parceria do Hospital Stella Maris e o Pró-Sangue de São Paulo, mobilizou 210 trabalhadores do aeroporto, arrecadando 169 bolsas de sangue para repor os estoques dos hemocentros que estão sendo impactados com a pandemia de COVID-19.

“Organizamos a campanha para sensibilizar todos sobre a importância de doar sangue e assim criarmos uma rede de solidariedade para ajudar a manter em níveis adequados os estoques nos hemocentros, que assim como nós, foram duramente atingidos pela pandemia”, disse Admilson Reis da Silva, Diretor de Operações da GRU Airport.

Uma doação de 450 ml (1 bolsa) pode salvar a vida de até 4 pessoas adultas e 10 vidas de recém nascidos. É importante lembrar que, de acordo com o Ministério da Saúde, pessoas gripadas, resfriadas ou com febre não devem realizar essa atividade e quem teve a COVID-19 deve aguardar 30 dias para doar sangue.

As pessoas que não conseguiram doar nesta oportunidade poderão ir até a Unidade do Hospital Stella Maris e fazer a doação de Sangue. Para mais informações, acesse o site oficial do Pró-Sangue.

Informações da GRU Airport

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Programa militar americano para desenvolvimento de um gigante hidroavião pesado avança

0
A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA, mais conhecida por seu acrônimo DARPA, está trabalhando em um projeto