Norwegian Argentina dá sinais de que pode fechar

Entre fatores locais, globais e internos, a Norwegian parece estar tomando medidas para vender ou fechar sua subsidiária argentina, a Norwegian Air Argentina. 

Norwegian

No dia de ontem, o mercado argentino foi pego de surpresa quando o sistema da Norwegian parou de aceitar reservas além de 28 de março de 2020, para todas as rotas em que a empresa está operando atualmente – nós testamos no site várias alternativas de rotas e datas, e nenhuma retornou resultados após a data de corte acima.

Historicamente, o fechamento do sistema de reservas sinaliza uma situação de encerramento de operações. Acompanhando a aviação de perto há algum tempo, nos soa estranho uma empresa usar tal ação como estratégia de preço, por exemplo, mesmo com a alta volatilidade do câmbio na Argentina, mas nada é impossível. Em geral, a estratégia é tentar vender o máximo possível hoje, para conhecer a paridade cambial e depois disso trabalhar nas necessidades de liquidez.

Outra situação que chamou a atenção foi a mudança de planos da empresa que, em vias de começar a alta temporada do hemisfério sul, reduziu a frota ao mandar um Boeing 737-800 de volta à sua matriz na Noruega para que seja usado como um tapa-buraco enquanto os MAX estão parados.

Mas ainda é cedo para afirmar, são apenas indicações de que há algo errado.

Dança das cadeiras

Além desses sinais importantes, outra situação chamou a atenção. Recentemente, a empresa nomeou Jacob Schram como novo CEO, após a saída de Bjørn Kjos no meio do ano. O novo executivo-chefe assume seu papel em 1º de janeiro de 2020, enquanto que o homem que atualmente ocupa o cargo, Geir Karlsen, voltará para sua posição de Diretor Financeiro.

é importante lembrar que Geir Karlsen é o mesmo executivo que disse em abril passado que os resultados da operação na Argentina seriam revistos de perto e que, se os números não fossem bons, estavam preparados para fechar. 

E a verdade é que, se os resultados foram fracos no final do primeiro trimestre, com uma taxa de câmbio peso argentino / dólar de 40 para 1, a situação está longe de ser melhor agora, com uma moeda local tremendamente mais desvalorizada, recessão profunda e instabilidade política após uma mudança presidencial agressiva. Portanto, se a ideia é centralizar os negócios onde estão as melhores margens, os argumentos de apoio da Norwegian Air Argentina ficam bastante fracos. 

Nascem os boatos

Segundo fontes, a JetSmart Argentina absorveria as operações da concorrente para entrar no Aeroparque de Buenos Aires, abandonando o aeroporto de El Palomar, atualmente afetado por uma restrição nas operações noturnas. Mas esses são apenas boatos, por enquanto e não há confirmação oficial, embora muitas fontes indicam que a primeira semana de dezembro traria as etapas formais desse processo de consolidação.

Mais sobre a Norwegian Argentina

Nascida em 2017 com um plano de investimento de US$ 4,3 bilhões em oito anos, a Norwegian Air Argentina procurou conquistar share de mercado doméstico oferecendo novas aeronaves e preços baixos. Das 70 aeronaves planejadas originalmente, a frota alcançou quatro no seu auge e está operando três agora depois que um dos 737 retornou à Europa após o aterramento do 737 MAX. As 146 rotas solicitadas à autoridade nacional estão longe das seis rotas atualmente cobertas: Bariloche, Iguazú, Ushuaia, Mendoza, Neuquén e Córdoba.

A aviação argentina já viu esse ciclo de abertura, consolidação e crise de mercado muitas vezes e, em geral, quem perde é seu próprio povo.

Essa situação também indica como estão os ânimos na Argentina após a eleição de Fernandez e Kirchner, já que os sinais agora demonstrados vão de encontro com o que a própria Norwegian havia divulgado meses atrás, quando disse que continuaria apostando na Argentina e abriria novas rotas, como reportado nas matérias abaixo.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Passageira seminua cospe em comissários por querer upgrade para classe executiva

0
O caso teria ocorrido após a passageira querer um upgrade para um assento na Classe Executiva, enquanto voava de Abu Dhabi para Mumbai.