Nova concessão do Aeroporto de Viracopos é tema de reunião em Campinas (SP)

Autoridades reunidas para discutir o futuro do Aeroporto de Viracopos – Imagem: Prefeitura de Campinas

O secretário nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Saggioro Glanzmann, esteve na terça-feira, dia 14 de dezembro, em Campinas (SP), para apresentar dados sobre o novo plano de concessão do aeroporto de Viracopos. O encontro foi promovido pela Prefeitura de Campinas, Parlamento da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e Conselho de Desenvolvimento da RMC.

Glanzmann apresentou algumas diferenças entre a próxima concessão, com leilão previsto para o primeiro trimestre de 2022, da realizada em 2012. Uma das mudanças é a área objeto da concessão. Em 2012, foram objeto da concessão os 27 quilômetros quadrados do sítio aeroportuário, mas, no novo modelo, serão disponibilizados 13 quilômetros quadrados. O secretário justificou a alteração com o objetivo de aumentar a segurança jurídica.

O novo modelo de concessão prevê em 30 anos a implantação de mais uma pista e o aumento no tráfego de passageiros para 40 milhões por ano. Atualmente, o terminal recebe cerca de 10 milhões de passageiros por ano. Segundo Glanzmann, a área disponível para a concessão tem capacidade para abrigar quatro pistas no total. Ele ainda defendeu que os investimentos nos próximos anos sejam feitos de acordo com a demanda.

Após a apresentação, foi feito um debate que ouviu representantes de diversos setores, como entidades de classe, empresas que operam no aeroporto, além de prefeitos e vereadores de cidades da RMC. 

Durante o debate, o prefeito de Campinas, Dário Saadi, reivindicou que a área da concessão seja reavaliada. “Faço coro para que o Governo Federal avalie o sítio aeroportuário, que esta área seja preservada no novo modelo de concessão. Reivindicamos que faça parte no novo modelo a área de 27 quilômetros quadrados, porque o aeroporto não é estratégico apenas para o futuro da cidade, mas de toda a RMC. Uma área maior possibilita aumento da geração de renda e vai induzir o desenvolvimento da região”, afirmou o prefeito.

Segundo o doutor em economia do Instituto de Geociências da Unicamp, Josmar Cappa, presente no evento, a implantação de uma cidade aeroportuária com ampla variedade de serviços tem potencial para criar mais de 140 mil empregos. 

Sobre os investimentos de acordo com a demanda, o secretário municipal de Finanças, Aurílio Caiado, destacou que um plano para 30 anos é fundamental para sinalizar aos investidores internacionais a importância econômica da região de Campinas. “Viracopos é estratégico demais e deve ter um papel de liderança na indução do desenvolvimento econômico e não atender apenas à demanda”, explicou o secretário.

A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Adriana Flosi, disse que a realização da apresentação e do debate foi fundamental, porque a nova concessão terá um papel transformador para a cidade de Campinas.

Também estiveram no encontro o presidente da Sanasa, Manuelito Magalhães Júnior; os prefeitos de Jaguariúna, Gustavo Reis; de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira; e de Limeira, Mario Botion; o presidente da Câmara Municipal de Campinas, vereador Zé Carlos; e o presidente do Ciesp Campinas, José Nunes Filho.

Cronograma

No final de 2021 foi encerrado o processo de audiência pública sobre a nova concessão do aeroporto de Viracopos.

No início de 2022, o projeto será enviado para análise do Tribunal de Contas da União (TCU) e o novo leilão está previsto para acontecer no primeiro trimestre do próximo ano.

Com informações da Prefeitura de Campinas

Arthur Gimenes Prado
Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, 15 anos, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias

Aeroporto de Manaus agora tem telemetria nas empilhadeiras do Terminal de...

0
Visando imprimir eficiência nas operações, o Terminal de Cargas (Teca) do Manaus Airport vem ganhando novos procedimentos.