Início Variedades

Novos voos do comprido avião Airbus A340-600, de 75 metros, estão confirmados para SP

Imagem: Dltl2010 / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia

Como resultado de acordos com os Correios brasileiros, a Região Metropolitana de São Paulo seguirá recebendo voos do comprido e raro avião do modelo Airbus A340-600, que é operado pela Air Atlanta Icelandic. Por possuir aeronaves imediatamente disponíveis, a companhia islandesa assumiu uma das rotas de carga entre a China e o Brasil, carregando mercadorias em geral.

Para tanto, são usados na rota os dois Airbus A340-600 (TF-LFC e TF-MFC) de 75 metros de comprimento, operados pela Air Atlanta, mas com uma pintura branca e as inscrições World Cargo. São essencialmente aeronaves de passageiros, aposentadas há meses por companhias aéreas tradicionais e que encontraram um novo emprego transportando cargas, o que foi facilitado por seu alcance e capacidade.

PRÓXIMOS VOOS – Ainda nos próximos dias são esperados mais dois voos da China para o país, com essas aeronaves, em 27 de junho e 1 de julho, com pouso em Guarulhos às 21h35 e 6h15, respectivamente.

O A340-600

Com 75 metros de comprimento, o Airbus A340-600 é um dos mais aviões comerciais mais compridos do mundo. Apesar de sua marcante presença, pode-se dizer que se trata de um modelo “em extinção”, na medida em que a maioria dos exemplares produzidos já foi aposentada para dar lugar a jatos mais novos e eficientes.

O A340-600 era um modelo ainda bastante utilizado por diversas empresas até a pandemia da Covid-19, mas se tornou incomum após a crise de saúde, que levou à retirada de operação de aviões mais antigos e menos eficientes. Ainda assim, muitos deles foram adaptados para transportar cargas e seguem em seu novo ofício ao redor do mundo.

Em termos de comprimento, o A340-600 figura entre os maiores aviões do mundo, como mostra a comparação a seguir.

Antonov AN-225 – 84 metros (destruído na guerra da Ucrânia)
Boeing 747-8I – 76 metros de comprimento
Airbus A340-600 – 75 metros
Boeing 777-300ER – 74 metros
Airbus A350-1000 – 74 metros
Antonov AN-124 – 69 metros

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.