Início Empresas Aéreas

Ouça o que disse o CEO da Latam sobre a situação atual da companhia aérea

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A320 LATAM

Em dois vídeos que circulam nas redes sociais, compartilhados a funcionários e aos quais tivemos acesso, os executivos Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil e Roberto Alvo, CEO do Grupo Latam, falam sobre a situação atual da empresa e o que vem pela frente, num momento que novas restrições de viagem entram em vigor ao redor do mundo e que países como o Brasil enfrentam um momento crítico da pandemia.

No primeiro vídeo, distribuído pela Latam aos funcionários logo após a divulgação dos resultados do quarto trimestre do ano passado, Jerome Cadier passa uma mensagem clara de que o momento é difícil, embora a situação de caixa da companhia seja confortável para a empresa enfrentar os desafios.

Ponto crítico

“A segunda onda está tendo um impacto enorme nas vendas. As vendas foram para o piso desde o começo da semana passada. A gente não enfrentava vendas tão baixas desde maio do ano passado”, disse o executivo. “Então é importante a gente olhar os load factors que também caíram. Estavam em torno de 80% a 85% em janeiro, nas últimas duas semanas a gente voou perto de 58% a 60% de load factor; o no-show duplicou. Então, precisamos entrar na primeira medida de cancelamento forte. Se a gente chegou a voar 400 voos por dia no doméstico até o início de março, estamos olhando para o final de março voando quase metade disso, abril deve ser parecido com isso. Então a gente enfrenta um ponto muito crítico nessa segunda onda”.

Ele também deixou clara a necessidade de cortar custos imediatamente, ressaltando que a agressividade dos concorrentes pode tirar a Latam do mercado se ela não se ajustar ao cenário.

Ele disse: “Além disso, a gente precisa cuidar dos custos. A gente vai botar o máximo de pessoas em férias e utilizar todas as horas do banco de horas para preservar a capacidade do grupo na preparação para os próximos trimestres. Ontem à tarde, para quem estava atento, você provavelmente poderia comprar uma passagem de ponte aérea a R$ 22, um patamar nunca visto antes, por uma agressividade de nossos concorrentes. A Latam não acompanhou porque a gente considera irracional esse nível de preço”, complementou

Ele finalizou parabenizando o grupo pelo índice de pontualidade recorde. Assista a todo o vídeo abaixo (espere carregar):

Em outro vídeo

Num outro vídeo, dessa vez apresentado por Roberto Alvo, CEO do grupo, é passada uma mensagem mais genérica a todos o grupo, mas também alertando para o momento crítico pelo qual passa a empresa.

De dentro de um 787-9 adaptado para cargueiro, ele começa sua mensagem destacando a participação da Latam no transporte da vacina para toda a América do Sul. Depois ele comenta sobre a necessidade de a empresa ser o mais eficiente possível, sobretudo do lado dos custos, não obstante a boa posição de caixa da empresa.

Ele também fala sobre o andamento do processo de Chapter 11 (recuperação judicial). “Estamos trabalhando na próxima etapa do processo, que é apresentar à corte o plano de restruturação do grupo. Esse plano consiste basicamente em indicar as fontes de financiamento futuras e o caminho para sair do capítulo 11”, disse.

Assista a toda a mensagem de Alvo.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.