Ozires Silva chega aos 92 anos; Embraer faz homenagem

Foto: Embraer

Neste dia 8 de janeiro de 2023, o engenheiro brasileiro Ozires Silva completa 92 anos. A marca pessoal é tão memorável quando o vasto desenvolvimento trouxe para o setor aeroespacial do país e o legado que um dia deixará. E, por ocasião do seu aniversário, a Embraer, lhe rendeu uma homenagem nas redes sociais.

A fabricante brasileira de aeronaves, hoje reconhecida em todo o mundo, teve o toque de Ozires Silva em seus primórdios. Isso faz de Silva um dos mais importantes personagens do setor aéreo mundial, e não apenas do Brasil. Então, nada mais justa e merecida tal celebração.

“Hoje, comemoramos o aniversário de Ozires Silva, engenheiro, pioneiro da indústria aeronáutica brasileira e líder do grupo de visionários que criou a Embraer”, dizia a publicação da Embraer. A empresa também chegou a fazer um curta-metragem animado com a sua história e a de Ozires Silva, que pode ser vista em https://bit.ly/3WWoOtV.

Festa em São José dos Campos

Na próxima semana, um evento será realizado em São José dos Campos (SP), berço e epicentro da indústria aeroespacial brasileira. O encontro, que está sendo organizado por DCTA, Invoz, Embraer, Rödl & Partner e Ânima Educação, também contará com uma homenagem e um prêmio pelo “Conjunto da Obra”, a ser concedido pela Fundação Brazil’s Best a Ozires Silva. Estarão presentes autoridades, empresários e executivos ligados à indústria aeroespacial brasileira.

Um pequeno resumo

Ozires Silva nasceu em 8 de janeiro de 1931, em Bauru – SP. Em 1948 entrou para a escola da Força Aérea Brasileira (FAB), no Rio de Janeiro, onde recebeu sua licença de piloto militar quatro anos depois. Mudou-se para São José dos Campos – SP para ingressar no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 1959, graduando-se em Engenharia Aeronáutica em 1962.

Após a graduação, passou a liderar o Departamento de Aeronaves do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento. Em 1965 iniciou o projeto IPD-6504, que se tornaria depois o avião Bandeirante.

Silva liderou a Embraer entre os anos de 1970 até 1986 e retornou em 1992, para presidir a companhia durante o processo de reestruturação até sua privatização em dezembro de 1994.

Em 2021, se tornou o primeiro brasileiro a receber a medalha Guggenheim, uma das mais significativas condecorações internacionais de engenharia aeronáutica do mundo.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Azul Linhas Aéreas

CCR Aeroportos é recebida pela Prefeitura de São Luís (MA) para...

0
A reunião teve como temas a parceria do Município tanto nas atividades cotidianas do equipamento como nas que envolvem o instituto CCR.