“Pai” do Boeing 747 ganha homenagem com pequeno adesivo no último jato do modelo

Foto de Will Taylor via Twitter (abaixo)

Conforme noticiado recentemente, o último Boeing 747 a ser entregue acabou não recebendo um esquema de cores especial para refletir o fim histórico da sua produção. No entanto, a máquina ganhou agora um pequeno adesivo, com uma homenagem ao seu “pai”, o ex-engenheiro-chefe da fabricante americana, Joe Sutter.

Sutter, pode ser visto nesse adesivo junto com uma ilustração do primeiro jato jumbo, que fez seu primeiro voo de teste em 1969. Há também o texto “Joe Sutter – Forever Incredible” (ou “Joe Sutter – Incrível para Sempre”). O adesivo está colado sob as janelas do cockpit.

O último 747 a ser entregue numa história de mais de 50 anos, será o jato do modelo 747-8F da empresa de carga americana Atlas Air. Ele será entregue no começo de fevereiro, pondo final ao programa Boeing 747. Ao longo das cinco décadas, um total de 1574 foram construídos. Isso ainda o torna o segundo widebody mais popular depois do 777.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

John Travolta homenageia o icônico Boeing 747 em discurso emocionante

0
O ator John Travolta discursou no tributo final ao 747 em Everett, nos Estados Unidos, expressando sua paixão pela aviação.