Para cliente secreto, Embraer entrega 1º Phenom 300E no Equador; veja o interior

Imagem: Embraer

A Embraer entregou recentemente um jato executivo Phenom 300E para um cliente secreto, definido como “não revelado”, de Quito, no Equador, marcando a primeira entrega desse modelo de aeronave no país.

Segundo a fabricante brasileira, a tecnologia, o desempenho e o conforto do Phenom 300E são essenciais para as missões em que a aeronave voará.

Com alcance de 3.724 km de distância (2.010 milhas náuticas), ele também possui desempenho de decolagem único, sendo capaz de operar a partir do aeroporto internacional de Quito (SEQM), em seu peso máximo de decolagem (MTOW, na sigla em inglês) em temperaturas de até ISA +26, com pista seca ou molhada, e chegar a Miami sem escalas, por exemplo.

Além disso, a aeronave foi selecionada pelo cliente por sua capacidade de operar com excelente desempenho em aeroportos restritos, com pistas curtas e em região montanhosa.

Com excelentes capacidades de pista e de subida, o Phenom 300E demonstra performance notável com tecnologias, como o Sistema de Visão Sintética (SVS) para fornecer maior consciência situacional e sistema de alerta e saída de pista (ROAAS, na sigla em inglês) – a primeira tecnologia desse tipo a ser desenvolvida e certificada na aviação executiva.

Imagem: Embraer
Imagem: Embraer

Imagem: Embraer
Imagem: Embraer
Imagem: Embraer

“Estamos orgulhosos de entregar o primeiro Phenom 300E no Equador e acreditamos que é a aeronave perfeita para realizar voos domésticos e internacionais a partir de Quito”, disse Gustavo Teixeira, Diretor de Vendas da Embraer para a América Latina.

Como o jato leve mais vendido há nove anos consecutivos, a aeronave é líder em sua classe e oferece não apenas tecnologia e desempenho incríveis, mas também conforto excepcional.

“Embora esta seja a primeira entrega do Phenom 300E para o Equador, já há programada a entrega de uma outra aeronave no país em 2022 para mais um novo cliente, o que reflete nosso compromisso em oferecer a melhor experiência, mesmo em terrenos desafiadores”, complementa Teixeira.

A aeronave é capaz de voar a 45 mil pés (13.716 metros) e é equipada com dois motores Pratt & Whitney Canada PW535E1 com 3.478 libras de empuxo cada.

Informações da Embraer

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias