Início Novidades

Passageiros se assustam com turbulência que destruiu o nariz de um avião A320 da Latam

Foto por Bernardo de los Santos via Twitter

Uma aeronave da Latam que fazia um voo de Santiago do Chile para Assunção (Paraguai) passou por uma forte tormenta, que chegou a assustar os 48 passageiros a bordo, na noite de quarta-feira (26). O voo em meio à tempestade foi registrado por passageiros, assim como uma foto do avião com o nariz destruído foi compartilhada nas redes sociais.

Quando já sobrevoavam o território paraguaio, os pilotos se depararam com formações de nuvens pesadas, que levaram à decisão de alternar o voo para Foz do Iguaçu, no Paraná, ali permanecendo por algumas horas. Por fim, o avião retomou a viagem e pousou em Assunção, por volta das 23h, com vários danos na sua estrutura.

Uma ex-modelo identificada como Pabla Thomen estava no avião e contou à rádio Monumental 1080 AM a difícil experiência que teve com sua filha de 2 anos e os demais ocupantes. Ele ressaltou que, apesar das horas que já se passaram desde o pouso, só agora está assimilando tudo o que aconteceu.

Explicou que, na hora da primeira tentativa de aproximar para Assunção, começaram a sentir uma forte turbulência, então o voo mudou de destino para a cidade brasileira. Ali, não puderam desembarcar porque não havia autoridades para recebê-los. No entanto, a porta foi aberta para todos receberem um pouco de ar, enquanto aguardavam pela nova decolagem.

Depois, quando se aproximavam novamente a Assunção, a turbulência mais uma vez se fez presente, chacoalhando a aeronave de maneira violenta. Segundo ela, as pessoas estavam inquietas e o piloto avisou que seria um pouso de duro.

“O piloto nos diz para nos prepararmos para um pouso forçado. Então a aeromoça nos diz no alto-falante que nos preparamos na posição de impacto. Lá eu abracei minha filha, mas meu cinto de segurança se soltou e comecei a pedir ajuda a Deus, um homem teve pena de nós e nos acalmou”, disse Thomen.

O pouso, por fim, ocorreu normalmente em meio ao tempo castigador. Quando desembarcaram, os passageiros puderam ver o estrago na aeronave, que teve seu radome (o nariz) completamente destruído.

Uma forte tempestade atingiu várias zonas do Paraguai na quarta-feira e em poucas horas provocou vários danos, como queda de árvores e galhos, caos veicular e danos materiais consideráveis, na capital e em diferentes pontos do território. Além disso, várias áreas ficaram sem energia elétrica e motoristas ficaram presos na estrada.

Nota da Latam

A LATAM Airlines Paraguai informa que o voo LA1325, que operava a rota Santiago-Assunção em 26/10, precisou alternar pouso para o aeroporto de Foz do Iguaçu às 18h43 (hora local) devido às más condições meteorológicas em Assunção.

Com a melhora das condições em Assunção, a aeronave retomou a sua rota para a capital paraguaia, mas enfrentou condições climáticas severas durante o voo, o que exigiu um pouso de emergência em Assunção às 23h09 (hora local). Não houve feridos entre os passageiros e a tripulação, que foram imediatamente atendidos pelas equipes de solo quando chegaram ao Paraguai.

As condições climáticas do voo causaram danos na fuselagem da aeronave e impactaram as operações. Para a linha aérea, qualquer evento relacionado à segurança de voo é considerado grave.

Seguindo os regulamentos aeronáuticos, a LATAM Airlines Paraguai está colaborando com a investigação das autoridades competentes sobre o incidente.

Lamentamos a situação vivida por nossos passageiros. A LATAM Airlines Paraguai está em contato com todos os clientes deste voo para prestar o apoio necessário.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.