Pela terceira vez, Vale freta um grande Boeing para repatriar funcionários da África

A mineradora Vale fretará mais um Boeing da Ethiopian Airlines para resgatar funcionários na África, desta vez será um do modelo maior, o Triple-Seven.

Boeing 777 Ethiopian África

Desta vez está prevista a vinda do Boeing 777-200LR, que fará seu début em Belo Horizonte ao voar para a capital mineira primeira vez. Configurado para 315 passageiros, o 777-200LR da Ethiopian irá levar mais funcionários da Vale que trabalham numa mina de carvão da empresa em Moçambique.

Nas duas vezes anteriores, um Boeing 787-8 Dreamliner cumpriu o fretamento, perfazendo a rota Maputo – Confins/BH – Adis Abeba. Mas, dessa vez, o Dreamliner agora é a aeronave reserva para a operação de repatriamento.

Novamente, o voo irá chegar às 6h25 da manhã do dia 09, partindo de volta para a África no mesmo horário mas no dia seguinte, sexta-feira.

Está sendo esperado que pelo menos mais um voo ocorra na rota Moçambique – Confins para levar os últimos funcionários da mineradora. Após a pandemia passar, o mesmo movimento é esperado, mas no sentido contrário, para regresso dos funcionários aos seus postos de trabalho.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias