Piloto da Azul retorna avião à origem após passageiro agredir comissária de bordo

Airbus A320neo da Azul

Um voo da Azul a bordo de um Airbus A320neo saindo do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, no Ceará, com destino a Confins, em Minas Gerais, teve de retornar ao seu aeroporto de origem na noite da última quinta-feira, dia 30 de dezembro, após uma briga provocada por um passageiro.

De acordo com informações do g1, o passageiro se recusou a utilizar a máscara de proteção contra a Covid-19 (uso obrigatório de acordo com a Lei 14.019 de 2 de julho de 2020) e agrediu uma comissária de bordo por conta disso.

Segundo a companhia, o problema começou pouco tempo após a decolagem. Depois da agressão, o passageiro foi contido até que a aeronave chegasse de volta à capital cearense.

A imagem a seguir, da plataforma RadarBox de rastreamento online de voos, mostra a trajetória do Airbus A320neo de matrícula PR-YRJ, que efetuava o serviço naquele dia:

Airbus A320neo da Azul, de matrícula PR-YRJ, retornando ao aeroporto de origem – Imagem: RadarBox

Após o pouso e desembarque, o agressor foi conduzido pela Polícia Federal e um boletim de ocorrência foi registrado. Resolvida a situação, o voo decolou novamente e seguiu sem novas intercorrências até o aeroporto que serve à capital mineira.

“A companhia lamenta eventuais aborrecimentos ocorridos aos seus clientes e ressalta que medidas como essas são necessárias para conferir a segurança de suas operações”, afirmou a Azul por comunicado divulgado pela CNN.

Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, 14 anos, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, R7, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias