Pilotos da MAP aprovam renovação de Acordo Coletivo, enquanto comissários reprovam

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) compartilhou em seu site a informação sobre o resultado da votação realizada on-line entre os dias 6 e 7 de julho, que culminaram em uma decisão relacionada à renovação dos acordos coletivos de trabalho (ACTs) de pilotos e comissários de bordo.

No caso dos pilotos associados, a decisão foi por aprovar a proposta apresentada pela empresa para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho, com duração de três meses. Foram registrados 87,5% de votos favoráveis e 12,5% de votos contrários. Dentre os principais itens elencados no plano o retorno gradual ao trabalho com redução de jornada e salário proporcional, estabilidade de emprego enquanto durar a proposta e licença não remunerada.

Para os comissários, no entanto, a decisão foi pela reprovação da proposta da companhia com 100% de votos contrários. Novas rodadas de negociação devem ocorrer e o SNA busca manter a todos informados sobre o andamento por meio de publicações em seu site.

Apesar de indicar a MAP, os tripulantes afetados são aqueles que serão absorvidos pela Voepass após a venda da MAP para a Gol.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias