Pilotos que estavam dormindo enquanto avião sobrevoava a pista de pouso são punidos

Dois pilotos que acabaram dormindo e esqueceram de prosseguir com o avião para pouso, num caso que tomou o noticiário internacional. Os aviadores acabaram suspensos.

Foto por Graham Tiller, CC BY 2.0, via Wikimedia

O caso chamou a atenção de todo o mundo. O que parece impensável de início, foi confirmado pela empresa: os pilotos do Boeing 737-800 acabaram dormindo e só acordaram quando o avião estava sobrevoando o aeroporto de destino, ainda na altitude de cruzeiro, e despertaram por causa de um alarme do piloto automático.

“Nós recebemos a notícia que indica que o voo ET-343, de Cartum para Addis Ababa, perdeu temporariamente as comunicações com o Controle de Tráfego Aéreo no último dia 15. O voo pousou em segurança após a comunicação ter sido reestabelecida. A tripulação envolvida foi removida das operações até que a investigação seja concluída. Uma medida corretiva será tomada baseado nos resultados desta investigação. A segurança sempre foi e sempre será nossa maior prioridade”, afirmou a nota oficial da companhia aérea divulgada para a imprensa.

Apesar de não afirmar claramente que foi um caso dos dois pilotos estarem dormindo, o simples fato de removerem os dois das operações e falar em “medida corretiva” afasta a possibilidade de possível falha técnica que impediu a comunicação ou algum problema de saúde repentino que acometeu os dois aviadores, e os impediu de se comunicarem.

Também chama a atenção o fato da empresa citar apenas a falha de comunicação, mas não que o avião ultrapassou o ponto de descida e continuou em voo de cruzeiro até Addis Ababa. Esta em si é uma ‘falha’ mais grave do que não comunicar com o controle de tráfego aéreo, podendo inclusive indicar uma interferência ilícita (sequestro) no voo, já que o plano de voo não foi seguido.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias