Polícia Federal investiga tráfico internacional de drogas pelo aeroporto de Campinas

Aeroporto Internacional de Viracopos
Aeroporto Internacional de Viracopos

A Polícia Federal faz hoje (1º) a Operação Lavaggio III para investigar acusados de enviar drogas para a Europa pelo Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. A ação ocorre nas cidades de Campinas, Hortolândia, Indaiatuba, Tarumã e São Paulo.

São cumpridos 13 mandados, sendo nove de busca e apreensão e quatro de prisão temporária, expedidos pela Justiça Federal.

Na atual fase, a polícia apura movimentações financeiras e aquisições de imóveis incompatíveis com as rendas declaradas, além da utilização de “laranjas”.

Operação Overload

Toda a investigação teve início com informações obtidas durante a Operação Overload, deflagrada em 6 de outubro de 2020. Naquela época, a Polícia Federal prendeu, em Indaiatuba, o principal responsável pela articulação entre os traficantes e o aeroporto. Ele está, atualmente, foragido. O seu nome não foi divulgado.

Informações da Agência Brasil

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias