Início Aviação Militar

Policial é execrado após reclamar de congestionamento gerado por helicóptero de resgate

Uma reclamação inesperada e inusitada vinda de um policial rodoviário federal foi divulgada nas redes durante um atendimento a uma emergência em uma estrada do sul. O caso causou revolta e uma resposta da corporação.

Um helicóptero Airbus H125 (Esquilo) da Secretaria de Saúde do Paraná pousou na BR 376 para resgatar um motociclista que tinha se acidentado e precisava de ajuda.

Para realizar o pouso e posterior embarque da vítima, o helicóptero pousou no meio da pista, ficando distante de possíveis obstáculos, veículos e transeuntes, ocupando as três principais faixas de rolamento, como mostra a foto acima. O motociclista por sua vez estava sendo atendindo numa faixa separada, que dá a conversão para a esquerda.

No vídeo gravado pelo próprio agente da PRF e divulgado pelo portal Plantão Maringá, é possível ver o helicóptero parado na pista e o motocilista sendo atendido. Enquanto isso, ao fundo, ouve-se a voz do policial reclamando da pista bloqueada: “Qual é a necessidade de bloquear essa pista aqui?! Não tem condições, não tem condições!”

Com a repercurssão negativa do vídeo nas redes sociais, a PRF acabou por esclarecer em nota que a atitude do agente não está de acordo com o procedimento da instituição. Disse assim a corporação:

Na manhã desta terça (18), durante atendimento de acidente na BR-376, foi necessária a interrupção do fluxo do trânsito para pouso de aeronave de resgate médico, havendo, por parte de um policial rodoviário federal, manifestações contrárias em relação ao trancamento da rodovia.A PRF ESCLARECE que a postura do policial não está alinhada com os valores institucionais e será objeto de apuração interna do órgão.A PRF reafirma sua missão institucional de proteger a vida, e sendo assim, o apoio ao atendimento à vítima sempre será prioridade em relação à fluidez do trânsito.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A