Início Variedades

Político americano é pego pela segunda vez tentando entrar num avião com arma carregada

Decolagem no Aeroporto Internacional Charlotte Douglas – Imagem: NolesSC, CC BY-SA 4.0, via Creative Commons

O político americano Madison Cawthorn foi pego novamente tentando levar uma arma carregada para um avião de passageiros através do Aeroporto Internacional Charlotte-Douglas, na Carolina do Norte (EUA).

A Administração para a Segurança dos Transportes (TSA) confirmou que uma arma 9 mm foi encontrada por agentes de segurança no checkpoint D do aeroporto. Apesar da agência se recusar a divulgar mais detalhes, de acordo com o CMPD, a polícia local confirmou ser Cawthorn e que o armamento, um Staccato C2 carregado, é de sua propriedade. O político cooperou com as autoridades no momento do flagrante.

Nos Estados Unidos, levar uma arma para um posto de controle do aeroporto acarreta uma penalidade civil federal. As penalidades podem chegar a milhares de dólares de multas, dependendo das circunstâncias. Isso se aplica a viajantes com ou sem autorização de porte de arma, porque mesmo que um indivíduo possa ter uma autorização de porte de arma, ela não permite que seja transportada na cabine de passageiros de um avião.

Essa não é a primeira vez que o político é pego cometendo o ato ilícito. Conforme noticiado pelo AEROIN no ano passado, o representante legislativo do Partido Republicano tentou embarcar através do Aeroporto Regional de Asheville, na Carolina do Norte, mas foi pego ao esquecer sua arma na bolsa.

Na ocasião, questionamentos foram levantados nos EUA, após o político ter tentado embarcar com uma pistola Glock 9 mm e não ter recebido nenhuma punição por isso. O fato ocorreu em fevereiro, mais veio a tona somente em agosto daquele ano.

Leia mais:

Sair da versão mobile