Prime Air, da Amazon, assina acordo para mais 15 Boeing 737-800F

Mais 15 aeronaves do modelo Boeing 737-800F serão adquiridas pela Prime Air, da Amazon, ao longo dos próximos dois anos. Com a nova encomenda, assinada durante o Paris Air Show, a gigante do varejo espera chegar a 70 aeronaves em sua frota até 2021.

As aeronaves serão adquiridas via leasing da GECAS e vão ser empregadas nas conexões entre os mais de 20 centros de distribuição da empresa. O reforço de frota também contribuirá para fortalecer o chamado “Free One-Day Programme”, com entregas de até um dia em todos os Estados Unidos.

O Boeing 737-800BCF (Boeing converted freighter) possui reforços estruturais e 12 posições para pallets no deck principal, com um peso máximo de carga de 23,5 toneladas.

Recentemente, a Amazon anunciou que deseja ter seu próprio terminal cargueiro, a ser construído ao longo do próximo ano, em Cincinatti.

A meta da Amazon é operar com 100 aeronaves até 2025, hoje a empresa tem 32 (sendo 3 Boeing 737-800F e 29 Boeing 767-300F).

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aviação pela vida: 2022 teve 5,7 mil itens para transplantes levados...

0
Considerando a Força Aérea Brasileira (FAB), empresas estrangeiras, trajetos terrestres e outros transportes, o total chega a 7.840 itens.