Primeiro jato Boeing 777 da companhia dos mares MSC fica pronto

O primeiro avião nas cores da MSC ficou pronto e marca uma nova era na empresa que só operava navios cargueiros e cruzeiros turísticos.

Foto cedida por Daniel Gorun

A empresa marítima tem demonstrado interesse no setor aeronáutico desde o início da pandemia, quando viu oportunidades de sinergia com seu negócio de navegação. Numa incursão anterior, a MSC tentou, junto com a Lufthansa, comprar a ITA Airways da Itália. O negócio, porém, não prosperou para seu lado, mas a empresa disse que não desistiria.

Semanas depois, a MSC fechou um acordo com a Atlas Air para o aluguel completo – incluindo aeronaves, tripulação, manutenção e seguro – para operação de 4 jatos Boeing 777F, a versão cargueira de fábrica do 777-200LR.

O anúncio foi em setembro e já nesta última terça-feira, dia 8, saiu de fábrica com a pintura da MSC o primeiro dos 777. De matrícula N707GT, ele tem uma pintura simples com faixas nas cores amarela e preta. Ainda não está anunciado quais serão as rotas do jato, mas, por ser uma empresa historicamente mediterrânea, é esperado que os Boeings voem entre a Europa, África e Oriente Médio.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Piloto faz anúncio incomum aos passageiros a bordo do seu voo:...

0
Uma investigação foi iniciada pela Administração Federal de Aviação (FAA) após dois aviões terem colidido no Aeroporto Internacional