Quatro pessoas e um cachorro escapam de avião em chamas após acidente

Um acidente na tarde de ontem, 24 de agosto, com um jato executivo de pequeno porte, terminou com a aeronave consumida por chamas, mas, felizmente, com os ocupantes escapando a salvo.

Segundo dados do sistema de informação e análise de segurança da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA), o problema aconteceu no Capital Regional International Airport, em Lansing, Michigan, por volta das 17h30 do horário local.

A aeronave envolvida é de operação particular (Part 91) e registrada sob a matrícula N1GG. Trata-se de um Cirrus SF50, modelo também conhecido como Cirrus Jet ou Cirrus Vision. O avião é um jato de um único motor, enquadrado na categoria “Very-Light Jet”.

Imagem: Departamento de Bombeiros de Lansing
Imagem: Departamento de Bombeiros de Lansing
Imagem: Departamento de Bombeiros de Lansing

A FAA descreve que “a aeronave acidentou-se sob circunstâncias desconhecidas durante a decolagem”. Havia um piloto e mais três pessoas a bordo, todos classificados como sem nenhum ferimento, segundo o relatório do sistema.

Segundo o canal News 10, Victoria Vanholder, uma testemunha que viu o local do acidente logo depois de acontecer, notou os passageiros e um cachorro saindo do avião enquanto ele estava pegando fogo.

“Eram três senhores e uma senhora mais velha, todos talvez na casa dos 50 anos. Um deles – eu não sei se ele pilotava o avião ou o quê – apenas ficou olhando para ele como se estivesse prestes a chorar. Quando o corpo de bombeiros local apareceu, fui até eles imediatamente e informei que todos estavam fora da aeronave, e eles pareceram realmente aliviados em saber.”

Em comunicado à imprensa, Nicole Noll-Williams, presidente e CEO da Autoridade Aeroportuária da Região de Capital, disse: “Estamos gratos que todos saíram do avião sem ferimentos. Aplaudimos nossa equipe CRAA de resposta de emergência e nossos parceiros de ajuda mútua em resposta ao acidente de aeronave.”

A título de curiosidade, os dois vídeos a seguir mostram um pouco sobre o Cirrus Vision Jet, um moderno projeto que conta até mesmo com um botão de “pouso automático” para os passageiros, em que, no caso de uma incapacitação do piloto, o avião dirige-se por conta própria o aeroporto mais próximo, desviando de mau tempo e de elevações do terreno, e efetua o pouso (o segundo vídeo mostra este sistema em detalhes):

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Aérea brasileira precisar dar manutenção em avião, cancela voo e leva...

0
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || ).push({}); Uma companhia aérea brasileira deverá indenizar um estudante de Natal, em virtude de um cancelamento...