Início Aviação Executiva Raríssimo avião que foi de Walt Disney é restaurado; modelo já voou...

Raríssimo avião que foi de Walt Disney é restaurado; modelo já voou no Brasil para a Ford

Um raro avião de um dono que levou (e segue levando) o encanto para várias pessoas estará de volta às cenas, restaurado e com a pintura original.

Foto: Disney

Não muito conhecido até do público aeronáutico, o Grumman Gulfstream I (G159) é um bimotor turboélice regional que leva até 14 passageiros na versão normal e 24 numa versão alongada. Foi o primeiro avião da empresa americana a levar o nome Gulfstream, conhecida por fazer diversos aviões navais para os militares dos EUA, a tentar o mercado regional. No final, o projeto ficou apenas 10 anos em produção, encerrando as entregas em 1969 com apenas 200 unidades fabricadas, um número relativamente baixo.

O nome, porém, perdurou e serviu no primeiro jato executivo da empresa, o Gulfstream II, que iniciou a era de sucesso da fabricante que hoje é uma das mais prestigadas do mercado executivo.

Este primeiro Gulfstream ficou mais conhecido pelo seu uso executivo, apesar da vocação regional, e foi o primeiro avião comprado por Walt Disney, criador dos estúdios Disney.

Não era apenas o avião particular de Disney, mas era utilizado como símbolo de força da empresa de entreterimento. Era bastante comum ver os personagens clássicos como Mickey, Minnie, Pateta e Donald estarem posando ao lado do avião, que mais tarde ficou exposto da entrada do primeiro parque, a Disneyland, na grande Los Angeles.

O avião foi movido décadas mais tarde para uma área onde é feito um tour dos bastidores, mostrando um pouco por trás das cenas dos estúdios e também a história da Disney. Porém, o G159 foi retirado de lá para dar espaço à área Galaxy Edge da Disney, que virou até tema de um Boeing da LATAM. Desde então, ele estava jogado num canto e sugiram rumores sobre ele ter sido danificado na remoção, mas que foram desmentidos em 2018 após novas fotos revelarem uma pintura diferente nele:

Esta pintura diferente, na realidade, é a original que o avião teve quando Walt Disney comprou, e voou com ela por um bom tempo, até trocar pela azul com o Mickey na cauda. Agora, quase quatro anos após a repintura, foi revelado que o avião ficará exposto na D23, a maior exposição para fãs já feita pela Disney. O avião foi completamente restaurado e poderá ser visto em breve:

Histórico no Brasil

Ao pesquisar sobre a aeronave, que não é muito vista pelo mundo, chamou a atenção o fato da Ford ter utilizado o avião para transporte de pessoal no Brasil, bem antes do PowerShift ou do Mustang V6.

Segundo dados do PlaneLogger, o avião chegou aqui nem 1978, transferido da matriz da fabricante de Detroit. Teria voado na montadora de carros até 1993, quando foi transferido para a Voar Táxi Aéreo, passando para a conhecida Helisul Táxi Aéreo em 2006. Últimos relatos dão conta de que a aeronave foi desativada e repassada para a coleção particular do dono da empresa aérea.

Dados da ANAC têm conflito sobre a aeronave, ora mostrando que ela foi operada pela última vez pela Polícia do Mato Grosso do Sul e foi fabricada em 1961, e também mostrando que não existe aeronave registrada com essa matrícula. De qualquer maneira é um clássico, que fez história sendo o único do modelo no Brasil:

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile