Início Empresas Aéreas Reabertura dos EUA causa ‘boom’ de viagens; voo de Guarulhos será o...

Reabertura dos EUA causa ‘boom’ de viagens; voo de Guarulhos será o 1º da Delta a pousar

Airbus A350-900 da Delta

Nas seis semanas desde que a reabertura nos EUA foi anunciada, a Delta viu um “boom” de 450% nas reservas das vendas internacionais em relação às seis semanas anteriores ao anúncio. Segundo a companhia, muitos voos internacionais deverão operar 100% cheios na segunda-feira, 8 de novembro, com alto volume de passageiros também nas semanas seguintes.

A reabertura impacta positivamente os viajantes em 33 países ao redor do mundo, com a Delta atendendo 10 deles sem escalas, além de outros através de seus hubs globais em conexão com seus parceiros, incluindo Air France, KLM e Virgin Atlantic.

Segundo a companhia, o voo DL106, de Guarulhos para Atlanta, será seu primeiro voo internacional a pousar nos Estados Unidos sob as novas regras na segunda-feira, às 09h35, com dezenas de outros chegando logo atrás.

A forte demanda se reflete em viajantes de lazer e de negócios para destinos populares como Nova York, Atlanta, Los Angeles, Boston e Orlando. No total, a companhia aérea operará 139 voos de 55 destinos internacionais em 38 países, que aterrissam nos Estados Unidos em 8 de novembro oferecendo mais de 25.000 assentos.

“Este é o início de uma nova era para viagens e para muitas pessoas ao redor do mundo, que não puderam ver seus entes queridos por quase dois anos”, disse Ed Bastian, CEO da Delta. “Embora tenhamos visto muitos países reabrir suas fronteiras para visitantes americanos durante o verão, nossos clientes internacionais não puderam voar conosco ou visitar os Estados Unidos. Tudo isso muda agora. Somos gratos ao governo dos EUA por suspender as restrições a viagens e estamos ansiosos para reunir famílias, amigos e colegas nos próximos dias e semanas.” 

Com o retorno da confiança do consumidor nas viagens, a Delta está aumentando os voos neste inverno das principais cidades europeias, incluindo as rotas de Londres para Boston, Detroit e Nova York-JFK, de Amsterdã para Boston, de Dublin para Nova York-JFK, de Frankfurt para Nova York-JFK e de Munique para Atlanta.

Atlanta, o aeroporto da cidade natal da Delta, continua sendo seu hub internacional mais movimentado, com 56 partidas diárias para 39 destinos internacionais. Em seguida, vem a cidade mais visitada dos Estados Unidos, New York, com 28 saídas diárias do aeroporto JFK para 21 cidades internacionais.

Segundo a empresa, a reabertura do marco fornece um impulso para as economias globais ao mesmo tempo que marca o início da recuperação dos negócios internacionais da Delta.

A companhia aérea informou neste verão que seu negócio doméstico nos EUA já se recuperou para os níveis de 2019, mas as restrições de fronteira em curso impediram uma recuperação significativa em todo o mundo.

Requisitos de Entrada

Os estrangeiros terão permissão para entrar nos Estados Unidos com comprovante de vacinação e um teste de COVID-19 com resultado negativo feito três dias antes da partida.

Cidadãos estrangeiros não vacinados podem entrar nos Estados Unidos somente se atenderem aos critérios muito limitados de exceções e se comprometerem com os testes pós-chegada, quarentena e vacinação.

Os clientes também devem fornecer detalhes para atender aos requisitos de rastreamento de contato dos EUA. Mais informações sobre os requisitos de entrada estão disponíveis no Centro de Planejamento de Viagens da Delta e por meio de recursos oficiais do governo dos EUA.

A Delta ressalta que todos os seus clientes a partir de 2 anos devem usar uma cobertura facial durante toda a viagem, e que as medidas de limpeza por parte da companhia também permanecem em vigor.

Isso inclui limpeza e desinfecção regulares de áreas de alto contato a bordo de aeronaves e em aeroportos, bem como pulverização eletrostática de interiores de aeronaves com desinfetante de alto grau para garantir que nenhuma superfície passe despercebida.

Informações da Delta Air Lines

https://aeroin.net/delta-muda-partida-do-voo-de-guarulhos-e-ganha-1-dia-na-reabertura-dos-eua/

https://aeroin.net/american-deve-dobrar-os-voos-ao-brasil-ainda-em-2021-dado-a-importancia-do-pais/

https://aeroin.net/argentina-sai-na-frente-do-brasil-e-ja-retomara-100-dos-voos-da-american-airlines/

https://aeroin.net/apenas-para-uma-data-especial-british-volta-a-usar-o-numero-ba1-dos-voos-do-concorde/