Refugiados afegãos acampam no terminal 2 do Aeroporto Internacional de Guarulhos

Aeroporto Internacional de Guarulhos

O Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, recebeu 68 pessoas refugiadas do Afeganistão, muitos dos quais estão acampados no terminal 2. Essa não é a primeira vez que refugiados passam a morar temporariamente no aeroporto, mas a situação se intensificou, no caso dos afegãos, depois que o talibã assumiu o poder em seu país.

Devido ao fluxo de pessoas, a prefeitura de Guarulhos instalou no Terminal 2 do aeroporto o Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante. De acordo com a Agência Brasil, as famílias afegãs estão sendo atendidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, que oferece alimentação, água, kits de higiene e cobertores para as pessoas que estão dormindo no aeroporto.

Ainda segundo a prefeitura, por causa da “elevada demanda de refugiados chegando ao Brasil”, o município inaugurou uma residência transitória para migrantes e refugiados no último dia 10 de agosto. No entanto, a residência, que dispõe de 27 vagas, já está lotada. Por isso, a Secretaria de Desenvolvimento Social está em contato com o governo estadual e instituições parceiras para encontrar outros locais que possam receber as pessoas que continuam chegando no aeroporto.

Conforme informações da Polícia Federal, em julho, chegaram ao Brasil pelo Aeroporto de Guarulhos 407 afegãos; em agosto, 292; e até ontem, 14 de setembro, 459. Em setembro do ano passado, entraram por Congonhas, 12 afegãos e, em outubro, 57.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Uso de conversas da caixa-preta em investigações internas leva Gol a...

0
O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) informou por meio de nota que oficiou a Gol Linhas Aéreas para entender os procedimentos