Início Indústria Aeronáutica

Rolls-Royce entra na fase final de construção do maior motor aeronáutico do mundo

Foto: RR

Farnborough – A Rolls-Royce entrou na fase final de construção do maior demonstrador de tecnologia de motores aeronáuticos do mundo, o UltraFan®, que tem por objetivo fornecer um conjunto de tecnologias para apoiar viagens aéreas sustentáveis ​​nas próximas décadas.

O motor de demonstração, com um diâmetro de 3,55 metros, está sendo concluído nas instalações da empresa em Derby, no Reino Unido, antes de seu primeiro teste com 100% de combustível de aviação sustentável, ainda este ano. Segundo a fabricante, o motor oferece uma melhoria de eficiência de combustível de 25% em comparação com a primeira geração do motor da série Trent.

O UltraFan suporta uma variedade de soluções de sustentabilidade. No curto prazo, há opções para transferir tecnologias do programa de desenvolvimento UltraFan para os atuais motores Trent para oferecer ainda maior eficiência de combustível e reduções nas emissões.

A longo prazo, a tecnologia escalável do UltraFan, com potência que poderá ir de 25.000 a 100.000 lb de empuxo, oferece o potencial de alimentar novas aeronaves de fuselagem narrow e widebody previstas para a década de 2030.

Chris Cholerton, Presidente da divisão Aeroespacial Civil da Rolls-Royce, disse: “Nosso demonstrador de tecnologia de motores UltraFan está chegando no momento em que o mundo busca tecnologia transformadora para oferecer sustentabilidade. Estamos agora na fase final de construção e realizaremos o primeiro teste com 100% de combustível de aviação sustentável ainda este ano. O conjunto de tecnologias que estamos testando no demonstrador criará oportunidades para fazer melhorias em nossa frota atual e fornecer novos recursos para futuros sistemas de propulsão.

Este programa é um investimento significativo no futuro e estou muito satisfeito que o Instituto de Tecnologia Aeroespacial do Reino Unido e o Innovate UK, o LuFo da Alemanha e os programas Clean Sky da UE tenham reconhecido os benefícios do UltraFan e fornecido seu apoio“.

O UltraFan será testado nas novas instalações Testbed 80 da Rolls-Royce, que investiu £90 milhões no local, e são medidos mais de 10.000 parâmetros, detectando a menor das vibrações a uma taxa de até 200.000 amostras por segundo.

Para mais informações da cobertura do AEROIN direto de Farnborough 2022, clique aqui.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.