Segunda empresa a voar com o E195-E2 no mundo anuncia data e destinos dos voos

E195-E2
O E2 ainda na fábrica da Embraer

A empresa aérea regional espanhola Binter Canarias se tornará o segundo operador mundial do Embraer E195-E2 depois de agendar o primeiro voo para o dia 2 de dezembro. A aeronave estará baseada em Las Palmas e será utilizada inicialmente para realizar voos selecionados a Lanzarote, Dacar, Fuerteventura, Palma de Maiorca, Pamplona, ​​Corvera, Ilha do Sal, Santa Cruz de La Palma, Tenerife Norte, Vigo e Saragoça, bem como entre Tenerife Norte e Saragoça.

A aeronave já tinha sido pintada em agosto, como mostramos aqui, e irá manter os clássicos tons de verde da companhia, uma alusão à rica fauna das Ilhas Canárias, um arquipélago que pertence à Espanha.

O E195-E2 da Binter Canarias vem com 132 assentos em um ambiente de classe econômica e são três aeronaves do modelo encomendadas, com opção de compra de outros dois. Atualmente, a frota da companhia aérea tem atualmente sete ATR72-500s e três CRJ1000ERs alugados da Medavia. Por sua vez, sua subsidiária Canarias Airlines opera outros quatorze ATR72-600s.

A Binter celebra 30 anos de operações em 2019 e tornar-se-á o primeiro cliente europeu do maior modelo dos E-Jets E2. A encomenda tem valor de USD 141,8 milhões, com base na atual lista de preços da Embraer.

Até agora, a Embraer entregou um único E195-E2 à Azul Linhas Aéreas Brasileiras no início deste ano. Wideroe, Air Astana e Helvetic Airways operam E190-E2s. Além disso, a fabricante, conta com 100 clientes em todo o mundo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves foram entregues. Atualmente, os EJets estão voando na frota de 75 clientes em 50 países. A versátil família de 70 a 150 assentos voa com companhias aéreas de baixo custo, bem como com operadoras regionais e tradicionais.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

CEO da Ryanair critica Boeing: ‘Vocês precisam renovar seus chefes’

0
O polêmico CEO da Ryanair, Michael O'Leary, geralmente tem pouca dificuldade em falar o que pensa e a bola da vez foi a Boeing, criticada