Sem hotéis no Catar, Ponte Aérea Dubai-Doha impressiona com dezenas de voos diários

Divulgação – Qatar Airways

Uma verdadeira ponte aérea começou hoje entre o Catar e os Emirados Árabes Unidos, com mais de três dezenas de voos diretos por dia. O motivo é claro e de conhecimento público: a Copa do Mundo que, pela primeira vez, está sendo realizada num país árabe. E por ser um país quase do tamanho de grandes metrópoles brasileiras, o Catar não conseguirá acomodar todos os torcedores.

Por conta da limitação de espaço no Catar, foi organizada uma parceria com vários países da região, inclusive os Emirados Árabes, que até a pouco tempo atrás era considerado inimigo. Em 2017, após acusação de apoio ao Irã, o Catar sofreu boicote de seus vizinhos, incluindo os Emirados e Arábia Saudita.

Como parte do boicote, estava o fechamento do espaço aéreo, que impediu voos entre os dois países. A situação perdurou até o início ano passado, mas agora, numa clima de união e Copa do Mundo, estão sendo realizados mais de 30 voos em cada sentido para atender aos torcedores.

O chamado “Fretado da Copa” é exclusivo para torcedores, que podem levar apenas uma bagagem de mão e só podem embarcar se tiverem ingresso comprado. A ponte está sendo feita pela flydubai e Qatar Airways, a partir do Aeroporto Dubai World Central, mais utilizado para voos cargueiros.

A imagem abaixo mostra a dinâmica de voos entre os dois aeroportos durante a segunda-feira, confira.

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias