South African Airways foi vendida por 3 dólares e governo local continua com risco

Ao longo dos últimos anos, o mundo da aviação acompanhou o conturbado processo de reorganização da empresa aérea nacional sul-africana South African Airways (SAA). A empresa, que já vinha mal antes da pandemia, com estrutura inchada e problemas financeiros, chegou até a ter seu fechamento anunciado por membros do governo, mas acabou salva por um aporte multimilionário do estado.

Passados os meses fazendo apenas um punhado de voos fretados, humanitários e poucos regulares, com as aeronaves que lhe restaram, a empresa estatal obteve aprovação para se associar a um grupo privado e vender-lhe 51% das ações.

O valor nominal da transação, segundo relatos da mídia, foi de apenas US$ 3 dólares, montante esse pago pelo Takatso Consortium ao governo sul-africano pelo controle da empresa aérea. O governo, por sua vez, assumiu um enorme passivo carregado da fase anterior da empresa.

Agora, no entanto, segundo uma matéria da Bloomberg, o Tesouro Nacional da África do Sul teria emitido relatório citando que os termos contratuais foram fortemente distorcidos para o comprador. O documento havia sido publicado, mas depois retirado do ar pelo governo sul-africano. Ainda assim, os jornalistas conseguiram acessar a informação.

Segundo o relatório, o contrato possui brechas que obrigam o governo da África do Sul a assumir outros passivos, se o investidor privado assim decidir. Como não poderia deixar de ser, o assunto gerou polêmica e ainda não se sabe como se desdobrarão os próximos passos.

Tal informação vai de encontro ao que foi anunciado no ano passado, quando o governo informou da venda do controle da empresa. Segundo o divulgado, o estado não teria mais nenhuma obrigação financeira com a empresa após o repasse do controle. Por sua vez, a Takatso deve investir até US$ 258 milhões nos próximos três anos.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Protótipo do avião A380 é visto fazendo um ‘tchau’ sobre a...

0
Mesmo agora que a fabricação foi encerrada, o primeiro jato de dois andares continua voando intensamente, já que recebeu uma nova missão.