Tá chegando a hora: Boeing 787 presidencial mexicano prestes a ser rifado

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Foto de Daniel P

O diretor da Loteria Nacional de Assistência Pública do México, Ernesto Prieto Ortega, anunciou à imprensa do seu país que foram vendidos apenas 33,73% dos bilhetes do sorteio do Boeing 787 presidencial. A campanha está no ar desde o início desse ano e se desfazer da aeronave sempre foi um desejo do atual presidente do México, que a vê como uma fonte de gastos, enquanto o povo tem outras prioridades.

Conforme apurou o Aviacionline, tentando se desvencilhar de perguntas sobre o “fracasso” do projeto, Prieto Ortega informou que a receita total do sorteio é de $1.012.000.000 pesos ou US$ 46 milhões, contados até 11 de agosto de 2020. Isso representa a venda de 2.024.000 “cachitos” – nome dado às frações no venda para participar no sorteio (os bilhetes da rifa).

“Os cachitos que sobrarem, assim que fecharmos o sorteio vão para a saúde, os prêmios que saírem nesses bilhetes, nos pedaços que não foram vendidos, seriam para o setor da saúde”, ele enfatizou.

Bilhete da Loteria indica o 787 como grande prêmio

O prêmio nem deve ser o avião

Apesar de todo o marketing em torno do avião presidencial, ele nem deve ser um dos prêmios. Segundo informou El Sol de México, o presidente Andrés Manuel López Obrador exortou os mexicanos a continuar comprando os bilhetes da rifa do avião presidencial, mas não falou sobre dá-lo como prêmio.

“É comprar um bilhete, ajudar e ter a sorte de ganhar um dos prêmios, são 100 prêmios de 20 milhões cada. O sorteio será realizado no dia 15 de setembro, por isso estamos fazendo a promoção, a convocação porque falta pouco”, disse.

Enquanto isso, o avião está de volta ao México desde o mês passado, há quem diga que ele está sendo negociado, como comentamos nessa matéria, para outros ele apenas será o pano de fundo para o sorteio de setembro, mas seu destino, ninguém sabe de verdade.

O certo é que não dá para imaginar o que um ganhador faria com o prêmio, afinal para voá-lo é necessário muito dinheiro, para vendê-lo no meio de uma pandemia também leva tempo e colocar na garagem não dá. A novela mexicana sobre o belo 787 que ilustra o início dessa matéria ainda deve ter mais capítulos.

Conteúdo do parceiro Aviacionline

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

white passenger plane flying over the city during sunset

Casal com necessidades especiais é embarcado em voo errado e acaba...

0
O equívoco só foi percebido quando o casal chegou ao seu destino e notou que a paisagem não correspondia ao que esperavam encontrar.