Início Novidades

Torre ordena que pilotos de A319 da Latam abortem decolagem após notar veículos na pista

Avião Airbus A319 LATAM
Airbus A319 semelhante ao envolvido no incidente

A Latam reportou ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) um incidente de incursão de pista envolvendo uma de suas aeronaves, no qual os pilotos precisaram abortar a decolagem devido à presença de veículos em sua trajetória. A ocorrência se desenvolveu no último domingo (19), com o Airbus A319, registrado sob a matrícula PR-MBN, que deveria decolar de Brasília, no Distrito Federal, para Sinop, no Mato Grosso, no voo JJ-3814.

De acordo com informações do CENIPA e dados das plataformas online de rastreio de voos, os pilotos receberam a autorização para decolar do aeroporto internacional Presidente Juscelino Kubitschek através da pista 29R, com 142 passageiros e 5 tripulantes. Durante a corrida de decolagem, a tripulação foi instruída pela torre de controle a abortar o procedimento devido à presença de veículos na pista.

A tripulação interrompeu a decolagem a cerca de 52 nós (cerca de 96 km/h) sobre o solo, ainda antes da V1. A velocidade de decisão V1 é a velocidade calibrada no solo na qual, como resultado de uma falha de motor ou outras razões, é assumido que o piloto tem que decidir entre continuar ou descontinuar a decolagem.

A aeronave decolou após 10 minutos e prosseguiu para o voo sem novas intercorrências. O CENIPA classificou a ocorrência como incidente de incursão de pista e não abriu investigação sobre o caso.

Trajetória da aeronave no solo – Imagem: FlightRadar24

No ano passado, o AEROIN publicou uma matéria sobre o que é e como se evita um evento de Incursão em Pista de aeroporto. O evento constitui-se de cenários de alta criticidade, nos quais os níveis aceitáveis de segurança operacional se reduzem drasticamente, podendo, consequentemente, acarretar incidentes ou acidentes aeronáuticos graves. Para relembrar o artigo basta clicar aqui ou acessar os títulos abaixo: