Turquia abraça dois aviões Airbus A350 que deveriam ter ido para a Rússia

A companhia aérea de bandeira da Turquia, Turkish Airlines, aproveitou os bloqueios do ocidente contra a Rússia para renovar sua frota com aviões Airbus. Depois que a Airbus ficou impedida de entregar novas aeronaves aos russos, a empresa estatal Aeroflot perdeu o lugar na fila para entrega de alguns jatos A350.

O impedimento à realização de novos negócios com a Rússia veio depois do país ter invadido a Ucrânia para dar início a um conflito que se estende até hoje, quase seis meses depois. Com alguns aviões já prontos, não restou alternativa á Airbus que não fosse buscar outros interessados, sendo que a Turkish optou por essas aeronaves e recebeu os dois primeiros.

Como é possível ver no vídeo abaixo, as aeronaves ainda têm um padrão de pintura da Aeroflot mas com os titúlos da Turkish Airlines. Não há uma informação publicamente disponível neste momento sobre a manutenção (ou não) desta libré..

Carlos Martins
Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Esquadrilha da Fumaça faz turnê no Nordeste na próxima semana com...

0
Entre o final de agosto e o início de setembro, a Esquadrilha da Fumaça tem agendada uma série de apresentações em cinco capitais