Início Aviação Militar

Um dos primeiros aviões da Esquadrilha da Fumaça será restaurado para voltar a voar

Um dos clássicos da aviação brasileira, e primeiro avião a voar pela Esquadrilha da Fumaça, será restaurado e colocado em condições de voo.

Foto de Sgt Johnson

O North American T-6, ou simplesmente T-Meia no Brasil, foi o responsável por formar uma grande geração de aviadores da Força Aérea Brasileira (FAB). A clássica aeronave chegou, inclusive, a ser produzida sob licença no Brasil, na região de Lagoa Santa (MG).

A aeronave também foi o primeiro modelo a ser voado pela Esquadrilha da Fumaça, fundada em 1952, para mostrar a perícia de aviadores da FAB e visando estimular os novos cadetes, além de promover a cultura aeronáutica no país.

© Revoar

Um destes aviões que fez história na Fumaça foi o de matrícula FAB-1390, um exemplar que saiu da Esquadrilha em 1976, foi repassado para a Fundação Santos Dumont e, desde então, não mais voou, ficando à mercê do tempo e resultando numa condição bastante ruim.

No entanto, apesar de suas asas desmontadas e danos na fuselagem, uma iniciativa quer dar nova vida ao clássico avião. Isso porque um grupo de aviadores se reuniu e criou a Revoar – Restauro de Aeronaves, uma associação formada por diversos profissionais da área, que está se comprometendo em dar nova vida ao T-6, inclusive colocando-o em condições de voo.

© Revoar

O primeiro passado foi dado e o avião foi resgatados e transferido para a Revoar. Agora, no entanto, começa a parte mais difícil, o início de um longo processo de restauro, recertificação e testes para colocar a aeronave no céu novamente. O tamanho da complexidade faz com que, ainda, não haja um prazo definido para que o avião alce voo.

E enquanto isso não acontece, o grupo promete que será possível acompanhar o trabalho de restauro na página do Instagram da associação, cujo perfil pode ser acessado clicando aqui. Uma grande iniciativa em prol da história e que precisa ser enaltecida.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile