Início Empresas Aéreas

Um mês após parar de voar, Itapemirim manda dois aviões embora do país

ATUALIZAÇÃO: No meio da tarde desta terça-feira (18), um segundo avião da Itapemirim também decolaria rumo aos Estados Unidos, mas necessitou de manutenção e acabou retornando à posição de estacionamento. A decolagem deve ocorrer na quarta, 19 de janeiro.

No início de janeiro, antecipamos com exclusividade as matrículas dos dois primeiros Airbus A320 da Itapemirim que seriam enviados aos Estados Unidos, a pedido da Deucalion Aviation Leasing, a dona da aeronave. O destino das aeronaves era originalmente Marana, mas depois passou a ser Tucson, no Arizona.

Agora, nesta terça-feira (18), exatamente um mês após a suspensão das operações da companhia, ambos os jatos decolaram rumo ao seu novo local de armazenamento. A aeronave marcas PS-ITA (msn 2395) estava ainda em voo no momento em que essa publicação foi escrita, segundo dados do RadarBox. Mais tarde, decolaria também o jato de registro PS-SFC (msn 2156).

Acompanhe ao vivo abaixo o PS-ITA:

Os outros

Ambas as aeronaves deveriam ter ido embora no começo do mês, conforme programação original. O motivo do atraso não foi informado. Além desses dois jatos, a Itapemirim tem, por ora, outros quatro (PS-AAF, PS-TCS, PS-SPJ e PS-MGF) que são do UMB Bank e há mais um, do modelo A319 (PS-SIL, que nunca voou na ITA), alugado da Hi Fly Malta.

Segundo as fontes, todas as aeronaves restantes em território nacional serão reunidas no Rio de Janeiro, onde ficarão armazenadas.

Sair da versão mobile