Veículo na pista resulta em incidente no pouso de avião ATR 72 em Joinville

Avião ATR 72-600 Azul
ATR 72-600, igual ao envolvido no incidente

O sistema do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) apresenta o registro de um incidente em que um veículo estava indevidamente posicionado na pista do aeroporto durante o pouso de uma aeronave.

Segundo o cadastro da ocorrência, a aeronave envolvida foi o ATR 72-600 de matrícula PR-AQA, quando operando um voo entre o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e o Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville (SC), na última segunda-feira, dia 25 de julho. A bordo estavam 74 pessoas, sendo quatro tripulantes e 70 passageiros.

Dados da plataforma RadarBox de rastreamento online indicam que o voo em questão foi o AD-2995, que partiu de Campinas às 17h09 e pousou em Joinville às 18h10.

Segundo a descrição cadastrada no sistema do CENIPA, durante a desaceleração após o pouso na pista 15 do destino catarinense, foi identificado pelos pilotos um carro de manutenção do aeródromo parado na lateral da pista, com a roda dentro da faixa de pista.

Não houve necessidade de efetuar manobra para evitar uma colisão e o pouso foi finalizado com segurança e sem maiores intercorrências. A ocorrência foi classificada como incidente de “Incursão em Pista”.

Incursão em Pista é toda ocorrência em aeródromo envolvendo a presença incorreta de aeronave, veículo ou pessoa na área protegida de uma superfície designada para pouso e decolagem de aeronaves.

De acordo com o RBAC 153, área protegia é a área que compreende a pista de pouso e decolagem, o comprimento da faixa de pista, a área em ambos os lados da pista de pouso e decolagem delimitada pela distância para a posição de espera da referida pista, a área de segurança de fim de pista (RESA – Runway End Safety Area) e, se existir, a zona de parada (stopway – SWY).

Área protegida – Imagem: Infracea

Portanto, mesmo se o veículo não estivesse com uma das rodas invadindo a pista, já estaria configurado o incidente de Incursão em Pista apenas por estar dentro da área protegida.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Esquadrilha da Fumaça faz turnê no Nordeste na próxima semana com...

0
Entre o final de agosto e o início de setembro, a Esquadrilha da Fumaça tem agendada uma série de apresentações em cinco capitais