Vídeo mostra piloto se protegendo no cockpit para não ter os olhos atingidos por laser

Cena do vídeo apresentado a seguir

O problema de pessoas apontando lasers contra aviões em locais próximos a aeroportos já é bastante conhecido no Brasil, com registros frequentes em muitas cidades, mesmo diante das constantes tentativas de conscientização por parte das autoridades da aviação nacional.

Mas, como também é sabido, a perigosa atitude não é exclusividade do Brasil, como mostra o vídeo a seguir, gravado a partir do cockpit de um avião comercial na crítica fase de aproximação para pouso, quando a atenção dos pilotos precisa estar ainda mais focada na operação.

O piloto é visto utilizando um objeto para tentar evitar que seus olhos sejam atingidos:

@cat.gabriel Fuimos apuntados con un láser en fase de aterrizaje (fase crítica de vuelo) el uso indebido y mal intencionado de algunas personas que poseen estos laser y los dirigen hacia la cabina de los pilotos es un verdadero peligro que pone en riesgo la seguridad del vuelo, ya que causan daños graves que provocan distracción durante el aterrizaje, deslumbramiento o resplandor, ceguera de destellos, imágenes secundarias y daños en las retinas, que toman tiempo para su recuperación. NO APUNTES LASER A NINGUNA AERONAVE 🛫🛬🛩️🚁✈️ @dgacguatemala ♬ sonido original – elgatomusic

A gravação acima foi publicada há três dias por uma comissária de bordo que, segundo sua descrição de perfil na rede social, trabalha em aeronaves Saab 340, Embraer 145 e ATR 72.

Na legenda da gravação, ela comenta que foram atingidos com um laser durante a fase de pouso (fase crítica do voo), e marca o perfil da Direção Geral de Aviação Civil da Guatemala, o que leva a crer que a situação se passou durante a chegada a algum aeroporto do país latino.

Ela aproveita para fazer um apelo: “O uso indevido e mal-intencionado de algumas pessoas que possuem esses lasers e os direcionam para o cockpit é um perigo real que coloca em risco a segurança do voo, pois causam sérios danos, levando à distração durante a aterrissagem, ofuscamento ou cegueira por flash e danos na retina, que levam tempo para se recuperar. NÃO APONTE LASER PARA QUALQUER AERONAVE”.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Irresponsáveis soltaram balões hoje ao lado do aeroporto de Campinas na...

0
A enorme irresponsabilidade de pessoas que soltam balões bem próximo de aeroportos se repete com alta frequência e por todo o país.