Volta ao espaço aéreo do Brasil o avião WC-135R “Constant Phoenix” dos EUA; acompanhe o voo

Posição da aeronave às 13h00 dessa sexta-feira – Imagem: FlightRadar24

Como visto no início da semana, um Boeing WC-135R, também chamado de “Constant Phoenix”, foi visto ao longo da segunda-feira, 16 de janeiro, sobrevoando a costa brasileira desde o Norte do país, passando por todo o Nordeste e chegando até o Sudeste, e depois retornando aos Estados Unidos.

Trata-se de uma aeronave de propósito especial derivada do Boeing C-135 Stratolifter e usada pela Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), que coleta partículas, gases e detritos de regiões acessíveis da atmosfera em apoio ao Tratado de Proibição Limitada de Testes Nucleares de 1963.

Foi a primeira vez que esse avião especial foi utilizado pela USAF para coleta de dados fora dos Estados Unidos, segundo afirmou a própria Força militar norte-americana.

Agora, nessa sexta-feira, 20 de janeiro, a aeronave novamente entrou no espaço aéreo da costa brasileira, em trajetória semelhante à da missão de poucos dias atrás. O voo pode ser acompanhado em tempo real na tela a seguir (Obs: pode não aparecer em momentos em que o sinal não estiver sendo captado pela plataforma. Aguarde até que apareça novamente):

Qual a finalidade?

As modificações Constant Phoenix estão relacionadas principalmente ao seu conjunto de coleta atmosférica a bordo, que permite à tripulação da missão detectar “nuvens” radioativas em tempo real.

A aeronave é equipada com dispositivos externos de fluxo para coletar particulados em papel filtro e um sistema de compressor para amostras de ar coletadas em esferas de retenção.

O vídeo a seguir mostra alguns detalhes da aeronave e seu funcionamento para a coleta em voo:

A tripulação do cockpit é do 45º Esquadrão de Reconhecimento da Base Aérea de Offutt, Nebraska. No total, 14 unidades desse modelo foram construídas e apenas duas seguem em serviço no mundo.

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Agora há mais voos com aviões da Embraer para a Venezuela...

0
Na quinta-feira, dia 26 de janeiro, a dominicana Sky High Aviation Services ampliou seus serviços para a Venezuela, operando todos os dias