Usando a pista toda, avião russo passa novamente por Belém na volta de Cuba e Venezuela

Um dos mais ilustres visitantes de Belém passou hoje (14) novamente pela capital paraense, com muito barulho e utilizando toda a pista.

O Tupolev Tu-154 é um trijato russo clássico que hoje não faz mais voos comerciais de passageiros, mas continua a serviço de vários governos e em voos de carga. Na passagem em Belém, foi este o caso, sendo um jato do governo russo operado pela FSB –Federal’naya Sluzhba Bezopasnosti – ou Serviço Federal de Segurança da Rússia. O FSB não é nada mais, nada menos, que o sucessor da antológica KGB.

Na maioria das vezes, este jato leva cargas e pessoas, mas o conhecimento do que ele transportava nesse voo não é revelado. Além disso, por se tratar de um voo militar e aeronave estrangeira, ela não pode ser fiscalizada em seu interior.

O vídeo da decolagem, gravado pelo spotter César Cardoso, mostrou que a aeronave novamente decolou utilizando quase toda a pista disponível. Já outro vídeo gravado por Diego Gomes mostra o barulho que o jato fez ao decolar, nos bairros vizinhos ao Aeroporto Val-de-Cans:

A aeronave já havia passado por Belém na segunda-feira pela madrugada, sem fazer muito alarde, com exceção dos seus barulhentos motores Soloviev D-30KU-154. O destino, segundo dados do FlightRadar24, foi o mesmo de 2020, data da última passagem no Pará, quando o Tupolev seguiu para Venezuela e depois Cuba, históricos aliados da Rússia.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Na inspeção de aeroporto, Vic Mensa é preso com cogumelos alucinógenos...

0
Na última terça-feira, o rapper se pronunciou sobre o caso, dizendo que “está livre” e que “Deus trabalha de formas misteriosas”.